segunda-feira, 15 de janeiro de 2024

MONÓLOGOS DE ABERTURA E ALFINETADAS

"Obrigdo por rirem desta piada. Foram meus roteiristas que escreveram". Percebi na hora que Chelsea Handler estava se referindo ao vexame estrelado por seu colega Jo Koy na entrega dos Globos de Ouro na semana passada. Hoje fiquei sabendo que os dois também foram namorados, o que acrescenta uma camada de shade ao episódio. A comediante comandou a entrega do Critic's Choice Awards pelo segundo ano consecutivo, e fez bonito. Adotou uma linha abertamente feminista, o que caiu bem na plateia. Também disse coisas que levariam um homem à prisão perpétua, como se declarar maluca por homens mais velhos como Harrison Ford e Robert De Niro. De resto, algumas surpresas: Paul Giamatti levou melhor ator de cinema e Emma Stone, o de atriz, superando os favoritos Cillian Murphy e Lily Gladstone. Melhor assim: afinal, para quê existem tantas premiações diferentes no showbiz americano, se elas premiam sempre os mesmos filmes e pessoas?

4 comentários:

  1. Lily Gladstone coadjuvante só tá no hype por causa de cota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais provável é que vc seja um supremacista branc...o, mas ultimamente teem recebido pouca atenção, Sorry!
      G-

      Excluir
    2. Não assisti até agora, mas todo mundo fala que a Lily está sensacional no filme.

      Excluir
  2. Pro 22:59-Lily Gladstone é vida!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir