quinta-feira, 2 de novembro de 2023

PANTERAS PORÉM BANDIDAS

Com "As Ladras", a atriz francesa Mélanie Laurent dirigiu um filme tipicamente de menina. De menina contemporânea, veja bem. O filme tem tiro, porrada e bomba, além de muitas sequências de perseguição e algumas cenas simplesmente ridículas. Não deixa de ser um versão moderna de "As Panteras", mas com sinal trocado. O trio de ladras profissionais está mais para Charlie's Devils, ou Les Diables de Charlie. E quem faz o dito cujo? Ninguém menos que Isabelle Adjani, que voltou ao  estilo ventríloquo de interpretar. A diva, que estava tão linda e à vontade em "Peter Von Kant",  usa novamente um cabelo que lhe cobre quase todo o rosto, além de muitos óculos escuros. Mas o pior é que ela não move um único músculo facial quando mal abre a boca, como se estivesse com o Facundito no colo (os idosos entenderão). Isso não impede que "As Ladras" seja uma boa diversão desmiolada. Quase que um "Missão Impossível" dos pobres, já que as locações são deslumbrantes, mas a ação não é tão mirabolante quanto na franquia do Tom Cruise.

4 comentários:

  1. A Mélanie já dirigiu outros filmes.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do Les Diables de Charlie. Deveria ter sido o título do post.

    ResponderExcluir
  3. Credo! Infelizmente as mulheres estao "pegando" pra elas o que os homens tem de pior: truculência, violência e ogrisse.

    ResponderExcluir