sábado, 18 de novembro de 2023

EM MAU ESTÁDIO

Madonna avisou anteontem, durante um show na Alemanha, que sua turnê "Celebration" virá ao Brasil em 2024. Não especificou datas nem locais, mas foi o bastante para eu ficar contente. Fui vê-la todas as vezes em que ela se apresentou por aqui, e adoraria vê-la de novo. Mas também fiquei aperreado, porque show em estádio é a pior coisa do mundo. Eu quase me dissolvi e escorri pelo ralo na última vez em que Madge sacudiu o Morumbi, e isto foi há 11 anos. Agora que sou oficialmente uma pessoa idosa, só pensar em comprar ingresso já me deixa exausto. Já cumpri minha cota de sacrifício: encarei longas em horas em pé, no calor e na chuva, desde que o Queen veio para cá em 1981. E dá-lhe Rock in Rio, Tina Turner, Hollywood Rock, The Rolling Stones, Lady Gaga, Shakira... Vejo a molecada pagando um dobrado (e também um dinheirão) para ir ao The Town, a agradeço a Deus por não ser mais jovem. O show de ontem da Taylor Swift no Rio, então, foi um spoiler do inferno, que começou com malucos acampando desde setembro na porta do Engenhão e culminou com a morte da fã Ana Benevides. Tamanho desconforto, tamanho descaso com o público, não pode mais ser aceitado. Cabe aos governos, às produtoras e aos próprios artistas - que agora têm nos shows sua principal fonte de renda - encontrar uma solução. Quanto à Madonna, eu trocaria de bom grado o show por um ingresso para o cinema, para o ainda não feito filme-concerto "Celebration". Que eu assistiria numa poltrona VIP, no ar condicionado e saboreando minhoquinhas ácidas.

5 comentários:

  1. Eu quero saber do Tony se as pernas da Madonna,
    Tina Turner,Shakira e Lady Gaga são bonitas e sexys
    mesmo-já que o colunista viu os shows destas cantoras.

    ResponderExcluir
  2. Taylor não está nem aí para os fãs de Terceiro Mundo. Para quem posa como a santinha que se importa com os fãs, a postura tem sido chocante em relação à moça que faleceu. Tudo é falso em relação a essa caipira bilionária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caipira ela não é.É da Filadélfia,que fica perto de
      NY-o Nordeste americano é muito cosmopolita.

      Excluir
  3. Parece que o RACISMO ESTRUTURAL não mudou NADA no Brasil nos últimos 30 anos: de XUXA (com suas PAQUITAS) a ANGÉLICA, passando por MADONNA e TAYLOR SWIFT, as ÍDOLAS de nossas crianças e jovens continuam LOIRÍSSIMAS e de olhos azuis. Num país de NEGROS, PARDOS e CABOCLOS. Mas não se preocupem: LUÍSA SONZA vem aí !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CALA A BOCA,seu MINION DISFARÇADO!!!!!!!!!!!!
      Você NÃO CONSEGUIU ficar COM NENHUMA
      LOIRA e agora TÁ CHORAMINGANDO!!!!!!!!!!!!!!!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir