terça-feira, 10 de outubro de 2023

FORA BIBI, FORA HAMAS, VIVA ISRAEL E PALESTINA

"Mais de 200 corpos encontrados na rave do pai de Alok". A manchete do G1 soava tão aleatória que parecia ter sido escrita por um macaco, com aqueles imãzinhos de palavras que muita gente tem na porta da geladeira. Mas era a pura verdade, e nem descrevia todo o flagelo que assolou o festival Universo Paralello, rave de origem brasileira que acontecia na noite de sábado para domingo a apenas alguns quilômetros da Faixa de Gaza. Não sei se é resquício do clubber que eu fui um dia, ou se foi o simples horror de ver jovens tão lindos serem sequestrados e/ou mortos pelo Hamas. O fato é que este foi o episódio que mais me chocou até agora nesta nova guerra no Oriente Médio. Hoje Israel está bombardeando Gaza loucamente, e queimando os cartuchos de simpatia que angariou no dia em que foi atacada. Não se responde a barbárie com mais barbárie. Netanyahu é um açougueiro incompetente. Hoje saiu a notícia de que o Egito avisou que algo grande iria acontecer, e Bibi não mexeu uma palha. Na década de 1970, depois da Guerra do Yom Kippur, Golda Meir e Moshe Dayan foram alijados do poder por falhas muito menos graves. Portanto, fora Bibi, e fora Hamas. Eu sou pró-Israel e pró-Palestina. Também sou contra qualquer tipo de terrorismo, não importa quão justa a causa, e contra os assentamentos israelenses na Cisjordânia. Acima de tudo, sou a favor de um estado só: israelenses e palestinos vivendo lado a lado, cooperando, namorando, tendo filhos juntos.

53 comentários:

  1. entraram no kibbuts e fuzilaram familias inteiras quem eles pensam que são a policia do Rio de Janeiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a polícia de SP no Carandiru,hein?Oras....

      Excluir
    2. também horrivel mas carandiru era uma prisao em rebeliao, a policia do rj entra na favela e mata familias inteiras tortura pessoas...vc sabe, é a política de controle social do pobre aqui e lá

      Excluir
    3. 21:36-Lembra de Paraisópolis?
      Ela fica em SP,só pra saber.

      Excluir
    4. Cara isso não é uma competição! O Rio é apenas o pior exemplo sabe porque? Porque tem mais negro e mais pobre mas isso acontece no país inteiro é a política do genocidio matar e prender o inimigo!

      Excluir
    5. 11:22-SP é a maior cidade do Brasil e tem mais
      negros e pobres.Falam muito do RJ porque é
      uma cidade turística e porque a sede da Rede
      Globo fica lá!!!!

      Excluir
    6. 12:54 em sp vc não ve o pobre não ve a favela quase não ve negro a desigualdade social no RJ é muuuito mais na sua cara.

      Excluir
    7. 14:30-Em SP você não vê a favela?Só se você
      morar nos Jardins,Vila Madalena ou Itaim Bibi.
      Mas em SP não tem Projac-o RJ é a Hollywood
      brasileira-no bom sentido.

      Excluir
  2. Tantos jovens bonitos = homens padrão. Melhore tonya

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 18:03-Um Estado só é impossível.E os
      jovens eram lindos,mesmo.Na alegria
      de viver,com certeza.

      Excluir
    2. Nem todos, tinha bastante "people of color", como se diz em inglês.

      Excluir
    3. É querer demais de um homem, branco e cis. Só é viado.

      Excluir
    4. morreram 300 vimos poucas caras muitas familias não estao querendo aparecer ou mostrar seus filhos, talvez só as familias narcisistas que achavam seus filhos lindos demais

      Excluir
    5. Só americanos morreram 9 todos muito jovens esse festival é muito popular na Bahia, Itacaré tem restaurante com menu em hebraico é muito triste mesmo. Como o mundo pode piorar tanto hein? Veja essas ondas de calor no mundo inteiro Reino Unido calor em outubro, comecei a reparar quantas garrafas plásticas vejo em um dia micro plástico no oceano e na água que bebemos, plástico derivado do petróleo, pré sal refinaria da Bahia Bolsonaro ligue os pontos.

      Excluir
    6. 21:37-O que mais tem são fotos dos que
      morreram ou que estão nas mãos do
      Hamas nas redes sociais.

      21:18-Já tem gente zombando dos
      brasileiros que morreram.O ódio do bem.

      Excluir
    7. 22:22 absurdo! Gente inocente e sim bonita pois estavam na flor da idade curtindo a vida. Os árabes inventaram a matemática os judeus nem se fala quanta gente genial eles produziram, a briga entre os 2 só favorece os inimigos de todos nós.

      Excluir
    8. 21:18 Viado? Homofobia é crime!

      Excluir
    9. Os inimigos de todos nós os Lehman da vida que querem destruir a educação financiam Tabata Amaral pra cometerem fraude e produzir cerveja ruim mais tranquilamente tenho uma visão de mundo utópica e não acho que ela seja impossível esses 2 povos com seu conhecimento acumulado fazem parte dessa visão viva palestina viva Israel fora lehman e exploradores escrotos destruidores da Amazônia

      Excluir
    10. O que tem a ver Lemann com o Oriente
      Médio?Nada.Tem a ver,sim,as grandes
      companhias petroleiras que estão lá.

      Excluir
  3. ´´Não se responde a barbárie com mais barbárie.´´

    Mas tbm não se pode dar flores ao Hamas,será que é possível negociar com terroristas covardes fundamentalistas religiosos?Esse é o maior problema da questão,ver a causa palestina,uma causa importante de um povo que de fato é oprimido por Israel entregue nas mãos de fundamentalistas islâmicos com ideias de sociedade totalmente arcaicas,não por acaso o alvo deles foi uma festa de música eletrônica,representando muito bem ´´a promiscuidade ocidental com jovens usando drogas,ficando,praticando atos libidinosos que são a uma afronta a Allah´´,mas por outro lado o Bibi também formou um governo com fundamentalistas religiosos judaicos,eu sempre simpatizei com o fato de Israel ser o único país do Oriente Médio que tem a Marcha do Orgulho LGBT,além de reconhecer árabes que vivem lá como cidadãos,além de drusos e circassianos,ou seja não é um estado exclusivamente judeu,inclusive existe uma bancada árabe no Knesset,mas com o Bibi se aliando a fundamentalistas judaicos tudo pode mudar,então já não consigo ser tão simpático ao Israel atual,por mais que concorde contigo Tony e defenda um estado para ambos,com os israelenses e palestinos casando e tendo filhos,incluindo os gays de ambas as nacionalidades,pela Palestina historicamente ser mais homofóbica,muitos gays palestinos se mudam para Israel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 19:53-O Hamas não é considerado terrorista
      pelo Brasil,mas pelos EUA.E os EUA estão do
      lado do Bibi pro que der e vier.Pior é que,em
      Israel tem judeus extremistas que odeiam os
      gays em seu país-isso é pouco divulgado por
      aqui.O texto do Tony está perfeito do começo
      ao fim e tem que sair na Folha.

      Excluir
    2. O Hamas não ser considerado terrorista pelo Brasil é um erro porque ao metralhar um festival de música eletrônica com vários civis jovens se divertindo,namorando,curtindo a vida é sim um ato terrorista,além de matarem até bebês em um kibutz,claro que o fato deles praticarem atos terroristas não inocenta Israel,pq esse estado em várias ocasiões também já matou civis inocentes palestinos,cortou o fornecimento de água, então não tem santo nessa história, os dois lados violam os direitos humanos e são comandados por fundamentalistas religiosos trogloditas.

      Excluir
    3. 13:28-Terrorista de verdade é quem invade outros
      países em busca de petróleo e minérios.O resto
      é conversa mole de Globo News e Estadão da vida
      e textão de Facebook.

      Excluir
    4. 15:50-Faltou dizer:Israel é a Disneylândia
      dos evanjegues.kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. Tony, e eu te faço a pergunta FDP para qual eu mesmo não tenho resposta: e como dá ainda para acreditar em um estado multi-religioso quando o principal exemplo regional, o Líbano, se encontra cada vez mais colapsando pelo Hezbollah?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, tem vários exemplos né. Reino Unido, Estados Unidos...nenhum desses - diferentemente da França - acha que laicidade é ser anti religião. Pelo contrário: soltam campanhas religiosas, emitem selos de religiões, congratulam feriados religiosos aos seguidores etc. Mas, é, no Oriente Médio, sei lá.

      Excluir
    2. Fernando vá pra cidade de Ronda na Espanha e depois pra Granada os traços das civilizações multi religiosas estão lá quem destruiu tudo isso? Vou deixar a pergunta em aberto pra vc pesquisar e descobrir por si só mas a destruição desse continente e do planeta tem a ver com isso foram os mesmos fica a dica

      Excluir
    3. Líbano já veio desandando feio desde os anos 80.
      Se parar pra pensar, é uma consequência do colonialismo e suas linhas traçadas aleatoriamente que juntou povos diferentes e separou povos iguais. A descolonização desses lugares não rendeu países muito estáveis. Acho que só a África ficou pior.

      Excluir
    4. Porque o Oriente Médio tem muito petróleo,bah.
      Isso lembra muito o filme O Último Rei da
      Escócia-a diferença é que o filme se passa na
      África-qualquer semelhança é mera coincidência.

      Excluir
  5. Anônimo11 de outubro de 2023 às 11:27: Querido, fica outra dica: pergunta em aberto não responde questão.

    Conheço a Andaluzia e acho linda a herança da invasão árabe - mas né, Idade Média. Como conheço Istambul (que conseguiu expurgar MILÊNIOS de tradição cultural grega em um punhado de décadas, isso sob a égide de um estado oficialmente laico), Marrocos (a mesma coisa, somente com judeus e muçulmanos) e Praga ou Viena (que começaram o século XX como metrópoles multi-étnicas e multi-linguisticas e terminaram como capitais provincianas de estados nacionais homogêneos).

    A dominação e subjugação do mais fraco são partes indissociáveis da civilização humana - seja ela na Europa, Oriente Médio, Asia ou Africa (sim, a história africana é bem mais complexa do que somente colonização - e resumir ela somente a isso também faz parte do maldito eurocentrismo). Mas como sair desse estágio primitivo é parte fundamental do processo de desenvolvimento de qualquer sociedade - e para isso, sinceramente, acho que não existe formula universal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. antonio acho que vc não conhece andaluzia sinceridade, desde 500 anos atras não existia essa história de raça, todas religiões e etnias conviviam juntas em paz quem inventou isso foi o que hoje chamamos de capitalistas exatamente pra dividir e reinar perseguir mulheres e qq outras pessoa que não se submetesse ao que hj esta mais presente do que nunca.

      Excluir
    2. nas terras indienas ninguem subjuga ninguem amõ!!! culpar o ser humano é livrar a cara do explorador imbecil já leu Sartre?

      Excluir
    3. "invasão arabe"como se esse continente não tivesse sido invadido risos

      Excluir
    4. 14:25-Religiões viviam em paz?Nem antes de
      Jesus nascer.O ser humano é culpado,sim.
      Dê dinheiro e poder pra ele.kkkkkkkkkkk

      Excluir
    5. Anônimo11 de outubro de 2023 às 14:25: E você quer o que? Copia de viagens, comprovantes de estadia em hoteis?

      O seu ponto é qual? Provar que as sociedades muçulmanas eram mais tolerantes e multi-religiosas do que as sociedades cristãs? Porque se for, não precisa nem se dar ao trabalho de ir tão longe na história - somente precisa pegar o exemplo de qualquer país da tua escolha no Norte da Africa ou Oriente Médio no inicio do século XX. Marrocos, Tunisia, Egito, Libano, Siria, Turquia, Iraque, Irã: você escolhe qual quiser. Todos tem um histórico milenar de cohabitação pacifica de religiões e etnias, até o Império Otomano chegar, colapsar, França+Reino Unido+EUA+Russia começarem a se engalfinhar para diminuir a zona de influência do outro. E ai chega o Holocausto e expulsa milhões de judeus das cidades da Europa Central e Oriental sem que nenhum país aceite de receber essa batata quente (incluindo nós, Brasil, porque Aracy Guimarães Rosa é uma gota no que era a politica externa brasileira durante a era Vargas). O resto não preciso mencionar.

      (Alias, preciso sim porque esse ponto me pega. Percepção de história mundial no América Latina é assustadoramente de uma perspectiva anglo-saxã. LONGE de querer exumar a França de qualquer culpa histórica, porque esse país é um gigante esqueleto no armário. Mas... colonialismo? E porra do caralho do Mandato Britânico na Palestina? Of course not, God Save the Queen! Afinal se tem um país que consegue talvez ser mais exímio que a França em ter feito merda e fingir que jamais foi eles, esse país se chama Reino Unido. Tão exímio que tem gente que acha que o UK é exemplo de sociedade multi-religiosa e multi-cultural e se esquece do "pequeno" problema chamado Irlanda do Norte, para somente tocar na pontinha do Everest de problemas. Mais bien sur, la France est tellement plus raciste et xenophobe... Ils n'acceptent même pas de parler en Anglais avec nous quand on est chez eux!)

      A realidade atual é um estado judeu ocupando um território palestino, confinando palestinos em dois micro-territórios sob uma ditadura do Hamas e tendo que lidar o com as consequências disso. Um mundo arabe em plena mutação, cada vez mais conservador, cada vez mais liderados pela interpretação religiosa do Islã sob a perspectiva dos países do Golfo (que esses sim, nunca foram, nunca tiveram multi-religiosidade em seus territórios). O que fazemos a partir daqui é a questão. O resto serve somente para justificar as atrocidades que estão sendo cometidas dos dois lados.

      Excluir
    6. Anônimo11 de outubro de 2023 às 14:27: Querido, se a tua percepção de terras indigenas é feita pelo ideal romântico do bom selvagem à la Iracema, o problema é teu. Uma pequena visita a qualquer museu de cultura ou arte indígena brasileiro, talvez uma visita à Amazônia possam te dar uma outra perspectiva. Flechas, zarabatanas e até mesmo a tão mencionada antropofogia dos Tupinambás talvez possam a passar ter algum significado para você.

      Claro, não estou eximindo os portugueses de qualquer culpa no processo de invasão do Brasil (disclaimer necessário porque parece que incapacidade de interpretação de texto e de estruturação de argumentação se tornam endêmicas no Brasil pós-Bolsonaro.)

      Anônimo11 de outubro de 2023 às 14:28: Sim, invasão. Um grupo não-nativo de uma região chega, ocupa e domina os mecanismos de poder de uma região da qual não é nativo. Invasão Francesa da Argélia, Invasão Britânica da India, Invasão Japonesa da Coréia e... Invasão Arabe da Península Ibérica. Ou você tem uma outra forma brilhante de descrever isso? Risos estúpidos

      Excluir
    7. Fernando o califado na Espanha era mais tolerante sim, vc fala em cultura grega sabe quem perseguiu e destruiu as religiões politeístas tentando as retratar como do diabo pois é? Vivemos em um mundo intolerante porque isso é uma consequência do que aconteceu 500 anos antes o nascimento do capitalismo vem do mesmo lugar é se vc quiser voltar 5 mil anos nem te conto o que aconteceu.

      Excluir
    8. Anônimo11 de outubro de 2023 às 18:00: Querido, você está falando de uma sociedade que colapsou no século XI. É tão útil como se eu falasse que eu adoraria que o mundo atual fosse como a (muito mais recente, mas ainda impraticável como análise do mundo atual) Comuna de Paris de 1871. O mundo não é mais assim. O tabuleiro de War mudou completamente. As próprias sociedades muçulmanas que toleravam judeus e cristãos em seus territórios durante milênios acabaram mudando irreversivelmente com a criação do Estado de Israel e a ascensão dos estados do Golfo.

      Sendo bem sincero contigo, eu sou economista e convivi bem de perto com esse conflito teórico de "capitalismo é mau, encontremos alternativas". Mas mudar para o que? Eu sou de esquerda, mas para uma Suécia keynesiana existir são necessárias Somálias e Etiópias. União Soviética e Cuba... não deu certo né. O que resta é o que? Cambodia Kampuchea? Hell no.

      História é super importante para nos ajudar a entender sociedades atuais. Mas não substitui uma análise de contexto do que existe atualmente. (E respeito à você porque você falou de forma educada comigo ;D)

      Excluir
    9. Nossa, pela primeira vez em tempos concordo com vários pontos que o Fernando colocou. 👏

      Excluir
    10. 18:42-Cuba existe até hoje-menos pros Pondés
      e Estadões da vida.E a União Soviética foi quem
      venceu a 2a Guerra Mundial.Ah,mas vai falar
      estas coisas pra um americano evanjegue ou pra
      um brasileiro evanjegue......puxam o saco de
      Israel-mas não querem nem saber da Parada
      Gay que tem lá.E o Hamas disputou e venceu
      a eleição na Faixa de Gaza.Mas a Gaveta do
      Povo e o Guga Chato não falam isso.Sou mais
      a Suécia keynesiana.

      Excluir
    11. Era exatamente do Mandato Britânico da Palestina que eu me referi quando falei que boa parte desses conflitos vêm desde os tempos coloniais. Além do Mandato Francês na Síria e Líbano.
      o/*\o

      Excluir
    12. nunca esquecer que também somos colonia, o roubo dos minerios (petroleo, vale do rio doce) é tambem pra impedir que o BR se industrialize e nos condenar a ser uma eterna exportadora de commodities chora amazonia

      Excluir
    13. Fernando economista pra mim não significa nada, não é uma analise economica ou politicas de juros que salvam sociedades o capitalismo é algo recente é o sistema que o homem inseguro encontrou pra compensar suas inseguranças e eu não duvido vai acabar antes que vc imagina e nem precisa de uma comuna de Paris pra isso, nativos americanos viveram milhares de anos nesses continente sem exploração só acumularam conhecimento. E sabe o que aconteceu 5 mil anos atras? a transição do matriarcado para o patriarcado posso indicar uns livros que vão te mostrar a historia real mas acho que vc já sofreu lavagem cerebral.

      Excluir
    14. E só pra completar a Suécia atual está uma merda! o socialismo lá já era faz tempo.

      Excluir
    15. 17:31-A Suécia está melhor que a maioria da
      Europa,atualmente!Pesquisem!!!!!!!!!

      Excluir

    16. Anônimo13 de outubro de 2023 às 17:31: Você me acusa de sofrer lavagem cerebral, possui a solução para a paz mundial e quer me indicar livros... mas confunde economia e finanças, meu caro?

      Tem um ditado de um filósofo inglês que eu adoro, sabe. Te deixo ele para encerrar a discussão.

      "The whole problem with the world is that fools and fanatics are always so certain of themselves, and wiser people so full of doubts."

      Excluir
    17. ser humano comendo microplastico amazonia seca mas a bolsa subiu vai tomar no cu! Veja como o preço do dolar foi usado no golpe contra a Dilma, as pessoas ficaram muito burras. Economia de cu é rola somos uma colonia, o pais mais caro do mundo, trabalhamos pra pagar banqueiro (divida publica) ah mas se a Bulgara tentar baixar juros vamos ferrar o dolar e a economia fala serio maluco...

      Excluir
    18. 11:38-Ela foi na inauguração do Templo de
      Salomão.Pra quê,pra passar vergonha.kkkkkk

      Excluir
    19. 23:26 infelizmente não tem como negar o poder dos evangelicos querido, eu não iria mas pra que irritar um eleitorado tão grande? A Dilma foi a mulher que tentou baixar juros pode fazer a piadinha falar o que for mas ela é uma das heroinas da nossa historia.

      Excluir
    20. ai Fernando tá bom a economia vai salvar o mundo aham veja o Paulo Guedes pau no seu cu e Palestina Livre!

      Excluir
  6. Fernando sabe qual é seu problema? cristãos não aceitam a realidade da sua religião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11 de outubro de 2023 às 14:32: Querido, não consigo responder a tua afirmação porque a) rasa, b) análise superficial, c) o que te faz acreditar que eu me defina como cristão e d) mesmo que você seja judeu / muçulmano / umbandista / budista no Brasil, crescemos na mesma sociedade e portanto temos pontos de vista, realidades e lugares de fala provavelmente similares. Discorra. Obrigado.

      Excluir
  7. E ninguém mais fala sobre a Ucrânia.

    ResponderExcluir