segunda-feira, 16 de outubro de 2023

FOME DE BUENOS AIRES

Não vou a Buenos Aires há mais de 12 anos, e a minha saudade só aumenta. A fome também. A capital argentina é um dos lugares onde melhor se come no mundo, e até restaurantes de luxo saem mais em conta do que aqui no Brasil. Essa minha vontade de comer foi atiçada pela ótima minissérie "O Faz Nada", que acaba de estrear na plataforma Star+. O protagonista é um crítico de gastronomia de 80 anos, tão metido a besta que se recusa a ser definido por seu trabalho. Por isto, quando perguntam o que ele faz, o cara responde: nada. Na prática ele faz quase nada mesmo, pois está devendo um livro a seu editor mesmo depois de ter recebido diversos adiantamentos. A história deslancha quando morre a empregada que cuidava dele há 40 anos. Ela não só cozinhava e arrumava a casa, como também dirigia o carro e lidava com as finanças do patrão. Sem saber nada, o velho fica desamparado de uma hora para a outra, e acaba contratando, com muita relutância, uma jovem paraguaia que precisa muito de um emprego. "O Faz Nada" foi criada e dirigida por Mariano Cohn e Gastón Duprat, dupla que já nos brindou com filmes maravilhosos como "O Cidadão Ilustre" e "Competição Oficial". A minissérie ainda contou com a consultoria de alguns dos maiores chefs da Argentina e tem a participação especial de Robert De Niro, que narra os cinco episódios e aparece muito no último, visitando seu amigo portenho. E então, consegui abrir seu apetite?

8 comentários:

  1. 2 perguntas:
    1) Sabe qual o nome em inglês?
    2) Pq vc escreveu no feminino essa sentença: "O Faz Nada foi criada e dirigida por [...]" ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 11:02
      Ela se chama NADA em inglês e aqui nos EUA tem no Hulu.
      Tá no feminino pq é uma minissérie e não um filme, que é o que vc deve ter pensado errado.

      Excluir
  2. Eu sinto uma falta de lá por isso... Marcar com amigos de ir ao cinema/teatro/museus ou show e depois um restaurante. Aqui vamos. As vezes você encontra de surpresa a pessoa na fila ou no lugar e combina algo. Ou então você consume cultura e volta para casa. Os bares e restaurantes perto destes lugares ficavam cheios. Resultado? Estes comerciantes defendem a finco a questão cultural. Nada contra quem vai sozinho e volta para casa. Também faço isso. Mas sinto falta de andar em grupo, sabe? Aquele comportamento em manada. O prazer de sentar em uma mesa de restaurante e ficar um tempo longo. E como é barato, você acaba diversificando o pedido. Este comportamento em manada e o prazer de sentar em uma mesa de restaurante faz muita falta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O brasil é um inferno social tenho a impressão que exatamente por isso tudo é caro nossa elite de merda tem medo da manada

      Excluir
    2. 16:51-Tem brasileiros que odeiam turistas
      que visitam cidades européias.Nossa elite
      é de merda,mesmo.Um nojo.

      Excluir
  3. Como podemos ver no trailer e no pôster, a série é protagonizada pelo grande Pedro Paulo Rangel.

    ResponderExcluir
  4. É triste falar isso, mas está ocorrendo bastante xenofobia contra brasileiros lá, o portenho é mais discreto, mas acontece o tempo todo e a polícia da Argentina infelizmente é igual a nossa.

    ResponderExcluir