quarta-feira, 25 de outubro de 2023

A LATA DE LIXO DA HISTÓRIA

A extrema direita precisa criar um mini-escândalo cultural por semana, para distrair os incautos do cerco que se fecha ao redor da familícia. Semana passada foi o caso do Bis; esta semana, o gado está em polvorosa por causa dessa imagem que mostra Arthur Lira, Paulo Guedes e Damares Alves no lugar de onde eles nunca saíram. Trata-se de um fragmento da obra "Bandeira", em que a artista plástica Marília Scarabello euniu dezenas de releituras da bandeira do Brasil, coletadas desde 2016, dos mais variados vieses políticos. Tem pró e contra Lula, pró e contra Biroliro, e por aí vai. Nenhuma das imagens foi criada por Marília, mas os minions não querem nem saber. Um deles visitou a exposição "O Grito!", em cartaz na sede da Caixa Econômica Federal em Brasília, postou na internet só o que não gostou, e o circo se armou sozinho. A mostra foi cancelada e desmontada hoje mesmo, e a artista vem sendo ameaçada nas redes sociais. O imbroglio aconteceu bem no dia em que a Caixa caiu nas garras do Centrão, então tem que ver isso aí. Agora, já pensou se o Bozo tivesse sido reeleito? Ninguém ia poder falar nada sobre ele e seus capangas, sob o risco de pena de morte.

Um comentário:

  1. Pq fecharam a amostra? Pq a militância da esquerda tbm só viu as fotos que mostravam as releituras anti-Lula?

    ResponderExcluir