quarta-feira, 27 de setembro de 2023

PIOR TUDO DE PAULISTE

Impressionante a ingenuidade de Marcelle Decothé, a assessora de Anielle Franco justamente defenestrada. O episódio infeliz conseguiu ofuscar até mesmo a morte estúpida de um torcedor por uma bala da polícia. Claro     u já tem gente reclamando da demissão de uma mulher preta, com mestrado, etc. Só que a moça se mostrou totalmente despreparada para o serviço público. E como é que uma funcionária do Ministério da Igualdade Racial fala em "torcida branca, descendente de europeu safade"? E ainda ataca os "paulistes"! Imagino que o que ela queria escrever mesmo era "pior de tudo, pauliste". Marcelle se deixou dominar pelos preconceitos mais bobos que ainda vicejam em cariocas que não conhecem São Paulo direito (eu tenho lugar de fala, sou carioca, quero meu crachá), e achou que estava numa mesa de bar rodeada por amigos. Anielle até demorou em demiti-la, pois farta munição foi fornecida de graça à extrema direita. A própria ministra se embananou ao defender o uso pouco aceitável de um avião da FAB, mas não acho que ela também mereça perder o cargo. Só não precisava dizer que tinha aberto mão de um domingo ao lado das filhas para trabalhar. Ministro que não quer trabalhar domingo deve pedir demissão.

66 comentários:

  1. Que mulher tosque!
    Não foi para isso que fiz o L.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não fez o L,tá é dando uma Carluxada,
      isso,sim.kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. A moça fez parte de movimentos negros e tem mestrado na UFRJ. Minha teoria é que ambiente de futebol atrai chovinismo . Meu irmão corintiano também se transforma em outra pessoa quando discute sobre times. Tudo absolutamente irracional e sem sentido. Nunca vou entender porque um bando de marmanjo correndo atrás de uma bola tem tanta atenção e faz com que um Neymar recebe super salários.

      Excluir
  2. Sempre quis saber a opinião sua sobre usar linguagem neutra em documentos públicos, escolas, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que ele é a favor disso,sim.

      Excluir
    2. Hmm, mais ou menos. Não gosto de regras impostas por grupos identitaristas. E a língua é um organismo vivo, onde mudanças artificais não costumam vingar. Fora que o som da linguagem neutra é feio..

      Excluir
    3. Só jumping in para dizer que Brasil está muito atrás nessa discussão. Nos EUA (nas partes democratas) todo mundo coloca na assinatura do email os pronomes. Também fala delas quando se identifica. "My name is... my pronouns are..."
      Logo, prepare-se !

      Excluir
  3. Eu achei ridículo isso tudo e equivocada a fala, mas que São Paulo não faz uma autocrítica não faz mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Autocrítica do que nesse caso? Uma assessora mal educada e ressentida que se comportou como torcedora. Muita raiva e frustração envolvidas.

      Excluir
    2. João,o Tony se embananou e não sabe que
      ministros de Estado tem direito a usar o que
      a FAB oferece.Só quem não sabe disso são
      os rapazes histéricos do MBL.

      Excluir
    3. 23:26-É autocrítica,sim.O resto é reaça que
      fica desopilando o fígado falando em raiva
      de frustração.....dessas 2 coisas,eles entendem.

      Excluir
    4. Benny, disserte e desenvolva. Obrigado!

      Excluir
    5. Eu não me embananei, não. Os ministros têm o direito de usar os aviões da FAB, mas deveriam usar com moderação, pois estão sempre sob o escrutínio público. O ministro Silvio Almeida foi a S. Paulo para o mesmo jogo num voo comercial, cuja passagem custa muito menos do que mobilizar um avião inteiro da FAB. Se Anielle e sua entourage tivessem feito o mesmo, sairia mais barato para a União e ela não seria alvo de críticas do gado. Parece que a ministra ainda não entendeu que agora vive sob uma lente de aumento, e que qualquer besteirinha será tratada como crime gravíssimo pelos minions.

      Excluir
    6. No mais, João, S. Paulo precisa fazer autocrítica exatamente por que? Por ter tirado do Rio, já faz tempo, o título de maior, mais importante e mais rica cidade do Brasil? Sua implicância com os paulistas é pueril. E olha que eu sou carioca.

      Excluir
    7. Acho que uma autocrítica tipo...comparar calçada de SP com Barcelona e Paris. Sério? Que tal copiar exemplos bons da América Latina, como sua querida Cidade do México? Que tal refletir sobre a branquitude da Faria Lima? Que tal refletir sobre o preconceito com nordestinos? Que tal não falar do Rio quando falo em autocrítica? Que tal não discriminar o meu sotaque? Tudo isso. A gente ama São Paulo, Tony. Só quer uma autocrítica mesmo. Mas que bom que a fulana rodou.

      Excluir
    8. Exigir autocrítica é coisa de maoísta, João. Tome tento na vida.

      Excluir
    9. Não entendo bem esse conceito de guerra fria...
      Mas boa sorte nas calçadas de Barcelona. Realmente, as alamedas são verdadeiras "ramblas"...
      Espero que a fulana tenha rolado rambla abaixo...

      Excluir
    10. João,essa piadinha sobre rambla é muito
      Carlos Alberto.E a nossa imprensa vive
      enchendo o saco do Lula e da Dilma
      pedindo autocrítica sobre os governos
      anteriores do PT.Autocrítica é coisa de
      maoísta,mesmo.

      Excluir
    11. SP tem que fazer autocrítica,sim,senhor.
      João está certo.

      Excluir
  4. Tudo errado. Essa ministra pensa que está fazendo um grande favor à população em trabalhar em um domingo, tietou jogadores, fez piadinha, andou de avião da FAB.
    A assessora mostrou o desprezo e preconceito pelos paulistas e descendentes de europeus, como se isso fosse alguma vantagem ou demérito por si só.
    Só para constar , o São Paulo tem a terceira maior torcida do Brasil e também a terceira em número de torcedores negros, além de obviamente nordestinos, orientais, pobres,ricos, etc.
    Acho que é disso que esse ministério cuida, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um ministro de Estado pode andar pela FAB
      porque isso é definido por lei.O resto é
      carluxismo cultural feito por generais de
      pijama,parlamentares padrão Nikolas da
      Peruca e pelos Mamãe Caguei da vida.

      Excluir
    2. Os aviões da FAB não são uma companhia aérea à disposição de ministros. Até uma pessoa comum, sem nenhum cargo público, pode usá-los seguindo alguns critérios, principalmente os de disponibilidade. A questão foi a falta de educação e de respeito ao contribuinte. Tiraram fotos, gravaram vídeos criticando a CBF, ficaram fazendo gracinhas.

      Excluir
    3. 08:56-E daí porque criticaram a CBF?Quem
      é que leva essa entidade a sério,tirando a
      Globo?Ela usou a FAB porque a ministra
      foi participar de um evento oficial contra o
      racismo antes de começar a final da Copa
      do Brasil.Aquelas campanhas que estendem
      faixas antes dos jogos,etc.Nossa imprensa
      quase toda neoliberal,não falou sobre isso.


      Excluir
  5. Tem que aprender que agora são vidraça. Como o Tony tanto repete, não basta ser honesta, tem que parecer honesta e não dar essas munições pra oposição.
    Aliás, ao invés de falar em “autocrítica de SP”, tinha que falar um pouco de autocrítica de falar mal de europeu ou branco. Não é pra apagar a luta antirracista, nem mesmo a questão de reparação histórica ou racismo arraigado. É não ofender aleatoriamente brancos ou europeus em geral de hoje que não fizeram nada pra ninguém. Tem até muitos que estão lutando contra racismo também. É contraproducente e tira o foco da verdadeira luta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que fizeram... construíram fortunas em cima da escravidão. Seu olhinho azul te garante vagas e promoções de trabalho.

      Excluir
    2. Já falou isso pros seus colegas brancos americanos? Na lata? É de um mau gosto terrível e digno de síndrome de vira-latas. Igual a achar que as pessoas que morreram no 11/9 “mereceram” por causa da desastrosa política externa americana. Ou passar a amar a Rússia só por despeito com os franceses. É querer corrigir um erro com outro.

      Excluir
    3. Claro! Há vários programas de indenização nos EUA e, em verdade, apesar das muitas bombas mal calculadas, os Estados Unidos acolheram refugiados e imigrantes do mundo todo. Pense se o mesmo ocorre na Europa, onde imigrantes são subalternizados e vivem em quadras para eles. Com a França proibindo o hijab nos Jogos Olímpicos...surreal!

      Os EUA são muito críticos a eles mesmos. São um país incrível que, infelizmente, sofre com um eixo do agro -- esse sim perigoso.

      Excluir
    4. 12:35 Isso o Little John nunca vai falar para os amiguinhos.

      Excluir
    5. 13:38-O John está certíssimo,cara.

      Excluir
    6. Os EUA acolheram você, bee latina.

      Excluir
    7. Nem só de viúvas do Trump e evanjegues
      vivem os EUA,bee latina.

      Excluir
  6. Tony, já foi ver Som da Liberdade? Apesar da polêmica burra, trata de um tema relevante.

    ResponderExcluir
  7. Queria ver como seria repercussão na imprensa se fosse um bolsonarista que chamasse a torcida do Corinthians de prete favelade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe preconceito reverso...

      4,7 milhões de africanos escravizados e trazidos ao Brasil.
      Pro Brasil depois dar terra de presente pra imigrante europeu...

      E pior: construir uma narrativa em cima disso. Que é essencialmente SP+Sul.

      Excluir
    2. Sou descendente de espanhóis de todos os lados da família. Basicamente agricultores analfabetos que ganharam a vida trabalhando feito burros em lavouras no interior de São Paulo ou empregos desqualificados na capital. Só a terceira geração conseguiu concluir um curso superior e a média da família é de classe média baixa. Esses são os europeus safades. Ah, herdei os olhos verdes que não me trazem lá muitas vantagens na vida.

      Excluir
    3. Querido, super valorizo a imigração para o Brasil.

      Ela foi crucial para a formação do tecido social da nação e trouxe, sim, muitos benefícios, inclusive ativismo de esquerda (o Brasil não esperava por isso, ops!).

      Ocorre que a população negra subalternizada do Brasil não conseguiu em gerações isso que você está falando. Houve mudanças na república atual, em especial nas últimas décadas, mas pare e pense: há quantas gerações estão as pessoas negras no Brasil? O que houve de educação e mobilidade social para elas? Por que o imigrante que comeu a bruschetta, a paella, o pastel de nata que o diabo amassou conseguiu, ainda assim, em poucas gerações (netos) já ter uma vida melhor? É importante refletir sobre isso.

      Óbvio que houve sofrimento. ÓBVIO! Fome, desespero, saúde frágil...mas veja os incentivos dados pelo Brasil. O decreto do Deodoro (https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-528-28-junho-1890-506935-publicacaooriginal-1-pe.html) falava até em recompensa às empresas de transporte que trouxessem mais imigrantes e também em fiscalização/sanção às que não garantissem condições dignas. Também fala em fornecimento de equipamentos, moradia etc. Claro que não foram flores. Mas...apenas reflita.

      É importante pensar nos privilégios, ainda que estejamos falando em privilégios dentro do "proletariado"...

      Excluir
    4. João,assino embaixo.Att.

      Excluir
  8. Palhaçada, nunca precisaram de aumento para falar merda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os parlamentares bozistas que o digam.
      kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Nunca precisaram de argumento para falar merda

      Excluir
  9. Ela reclamou por ter que trabalhar no domingo.
    O mistério está solucionado.
    Ela é a dona da sorveteria vegana!

    ResponderExcluir
  10. Anielle tinha cacife pra assumir a pasta? Pra mim sempre vai ficar como se tivesse conseguido só por ser irmã de quem era

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entrou pelo sistema de cotas.

      Excluir
    2. Amores, mais qualificada que vocês, provavelmente.

      Graduou-se em English and Journalism (2008) pela North Carolina Central University (NCCU, Estados Unidos) e obteve o mestrado em Jornalismo (2010) pela Florida A&M University (FAMU, Estados Unidos). Já no Brasil, obteve uma segunda graduação em Letras-Inglês (2015), pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), e um segundo mestrado, em Relações Étnico-Raciais (2021) pelo Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ).[6][7][8]

      Excluir
    3. Achei bem bosta esse currículo aí viu gay

      Excluir
    4. Ah, tá...legal é pós-graduação no Brasil onde é possível TRABALHAR e estudar KKKKKKK

      Excluir
    5. Disclaimer: acho que pós latu sensu, ótimo! Mas MESTRADO é incompatível com trabalho, desculpa.
      O que vendem por aí não é mestrado. É pós e chamam de "mestrado". ACHO errado mesmo e essa é a minha opinião. Tem deputado federal fazendo doutorado e mestrado, gente. Como assim? A pessoa estuda quando?

      Mas, enfim, acho que ela é compatível com alguém da pasta dela. Tem a vivência negra necessária para esse posto.

      Excluir
  11. A Gabriela Priolli e a Djamila Ribeiro se casaram. Desse relacionamento nasceu o João, que explica tudo e brilha com seus comentários neste blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio! Tenho críticas às duas, mas ainda sim são melhores que as pessoas da direito a no Brasil, né?

      Mas engraçado como o povo tem gatilho quando a gente fala de privilégios.

      Excluir
  12. Ganhando mais de R$ 80 mil por mês , é uma pandega ver esses progressistas dando uma de ajudar os pobres. O que vejo nessa turma é uma Janja deslumbrada

    ResponderExcluir
  13. Anielle deve ter ficado tipo: "putz amiga, que vacilo, sabe que concordo com você ne? Mas não precisava postar na internet. Infelizmente tão pedindo sua cabeça... não queria fazer isso, mas depois a gente arruma algo pra ti.."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 16:19-A Anielle e sua irmã tem passado.
      E sua ex-asessora se formou na UFRJ.
      Já o Carluxo......kkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. O Bananinha se formou na UFRJ.
      Maluf se formou na USP.

      Excluir
    3. 22:20-Nossas universidades públicas
      são melhores que as privadas,bebê.

      Excluir
    4. 05:02-Concordo contigo.

      16:19 e 19:35-Muuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!!!

      Excluir
  14. É por causas dessas lacradas torpes, para jogar para a galera de DCEs e Queer Twitter que a Direita avança perante o cidadão comum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que alguém não sabe o significado de "queer."

      Excluir
    2. Quem tudo sabe é o Little John.

      Excluir