segunda-feira, 18 de setembro de 2023

A ROSA DISCRETA

Eu nunca fiquei tão chateado com a saída de um ministro do STF como estou agora, pela iminente aposentadoria de Rosa Weber. A juíza gaúcha foi indicada para a corte por Dilma, em 2011, e nesses anos todos ninguém se comportou melhor do que ela no cargo. Rosa não organiza convescotes para poderosos em Lisboa, não dá entrevistas emitindo opiniões, não mexe pauzinhos para que seus apaniguados assumam cargos em tribunais inferiores. É durona, mas não é seca. Em todos os seus votos, transmite um genuíno interesse pela humanidade. Quis o destino que a tivéssemos na presidência do Supremo por apenas alguns meses, ao invés dos dois anos de praxe. Agora Lula vai apontar Flávio Dino ou o "Bessias" para o lugar dela, e não a mulher negra que tantos de nós exigimos. A discreta e precisa Rosa vai fazer muita falta, ainda mais num Supremo Tribunal Federal cada vez mais povoado por amigões do peito do presidente de plantão.

11 comentários:

  1. Rosa, a tíbia. Só me recordo dela na sentença "Não tenho prova cabal contra ele (José Dirceu), mas vou condena lo porque a literatura me permite" ?!?!.. Se não tivéssemos um Alexandre de Moraes e no lugar dele a democracia dependesse da "dureza" da Rosa Weber.. Hoje estaríamos de volta a ditadura militar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Never forget!

      Excluir
    2. Sem falar de seus votos sobre prisão em 2a. Instância.

      Excluir
    3. 01:26-Estamos no Brasil,tio.E o Alexandre
      fazia a mesma coisa que a Rosa.Só que
      ela não é igual o Gilmar que fica lacrando
      e lucrando por aí.

      Excluir
  2. Rindo da escolha da foto escolhida. Se essa é a foto da homenagem não quero nem pensar no que seria uma postagem contrária... rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 12:00-Isso aqui não é concurso de beleza.
      Nem aqueles anúncios de "boa aparência"
      que tinham antigamente,bem racistas.kkkkk

      Excluir
  3. Acho a Rosa Weber muito mais fraquinha que a Carmen Lucia.

    ResponderExcluir
  4. "A juíza gaúcha foi indicada para a corte por Dilma, em 2011" Será pq a Dilma escolheu um MULHER competente para o STF? Você pode jurar de pé juntos que não foi misoginia tirar a Dilma da presidência, mas foi, isso não é vc que escolhe, são os fatos, os grupos políticos que se juntaram para tira-la do poder e vc deu munição a esses grupos ao apoiar, agora você colhe o que semeou... Esse blog é seu, vc diz o que quer, lê o comentário que não quer, e decide se publica ou não...
    Nick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende,o Collor foi tirado da presidência
      e não é mulher.O STF,tirando o Kássio e o
      Mendonça,tem ministros centristas....

      Excluir
  5. Tenho de discordar em um aspecto: Rosa votou pela "prisão em 2ª instância", e sabemos o quanto isso foi definidor na época. Depois, votou contra a "prisão em 2ª instância". E agora ninguém mais vai preso! Ah, inconstância...

    ResponderExcluir