quarta-feira, 16 de agosto de 2023

ESTÚPIDO, DESONESTO E CARA-DE-PAU

Frederick Wassef concorreu a deputado federal por São Paulo nas eleições do ano passado. Felizmente, não foi eleito. Caso contrário, agora ele teria imunidade parlamentar, e nem teria sido escalado pela familícia para resgatar nos EUA um relógio que já havia sido vendido. Se alguém menos burro tivesse ido fazer essa recompra (com prejuízo!), talvez não estivéssemos agora rindo desse chave-de-cadeia, que negou qualquer participação no caso só para ver seu nominho no recibo. Esses bandidos se acham mesmo muito espertos, ou confiam demais na sorte. Agora Wassef jura que fez o que fez sem que o Biroliro soubesse de nada, e que pagou pelo relógio com seu próprio dinheiro. Pior: quer que ser ressarcido pelo Estado brasileiro. A cara-de-pau só não é maior que a desonestidade, que só não é maior que a estupidez.

3 comentários:

  1. Põe no Google o nome da Cristina Bonner, ex mulher desse sujeito. É tanto rolo, tanto processo e picaretagem, sempre com um toquezinho de governo pra apimentar.

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    A cara do Governo Bolsonaro.

    "E aquilo que nesse momento se revelará aos povos
    Surpreenderá a todos não por ser exótico
    Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto
    Quando terá sido o óbvio"

    ResponderExcluir
  3. Wacéfalo. E eu continuo pensando: tivemos sorte, muita sorte, ao deparar com inimigos como esses...

    ResponderExcluir