quarta-feira, 5 de julho de 2023

WILLKOMMEN, BIENVENUE, WELCOME

A Alemanha entre guerras era uma zona, no bom e no mau sentido. A hiperinflação mais acelerada da história fazia com que as pessoas levassem carrinhos de mão cheios de dinheiro para comprar pão, e o caos econômico pavimentou a estrada que levou ao nazismo. Mas a cena cultural era cintilante, repleta de artistas e intelectuais produzindo obras importantes. E não há cultura vibrante sem uma vida noturna agitada. Berlim, na década de 1920, tinha mais de uma centena de cabarés e antros suspeitos voltados para a bicharada e afins, algo inédito no planeta até então. Entre esses estabelecimentos todos, reinava o Eldorado, que deve ter inspirado o musical e o filme "Cabaret". O documentário "Cabaré Eldorado: Alvo dos Nazistas", em cartaz na Netflix, conta a história desse lugar icônico, mas vai muito além. Também traça um amplo panorama da viadagem da época, que viu surgir os primeiros transexuais operados. É um filme interessantíssimo, repleto de personagens trágicos. E nenhum mais do que Ernst Röhm, que foi braço direito de Hitler durante um tempo e até sonhou em ser ministro da Guerra. Mas sua vida privada foi exposta nos jornais, e de nada adiantou ele se casar às pressas com uma mulher. Terminou baleado pelos colegas. Fica o aviso para as bichas que se misturam à escória da extrema-direita, achando que serão toleradas por compartilharem dos mesmos ideais políticos. Não serão.

21 comentários:

  1. Pergunta da bixa burra: É minha impressão bou a atividade cultural é muito mais pujante durante regimes autoritários?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso que não. Mas é claro que há uma confluência. Quando o Sarkozy assumiu na França, o Marais voltou a efervescer. O Hollande subiu ao poder, a "Les mots à la bouche", a maior livraria gay da França, começou sua retirada do Marais e foi para o pacato 11ème.

      Excluir
    2. Sarkozy, autoritário? Você está incorrendo naquele erro típico dos falsos democratas: todo governo que eu não apoie é uma ditadura.

      Ao anônimo das 20:21: ditaduras não são boas para nada, mas o fato é que a cultura brasileira floresceu nos anos 60 e 70, apesar da repressão.

      Excluir
    3. Tony,
      Eu acabei incorrendo em um erro: em engoli quase todo um preâmbulo onde eu explicava que a direita empurrava uma certa vivacidade à esquerda. Desculpe.

      Excluir
  2. Amigo a verdade é que quando o sapato aperta, nem a direita e nem a esquerda, todos estao se lixando para nossos direitos, é só ler Reinaldo Arenas para ver o que Cuba fez com os gays, entao temos que estar sempre atentos e atuantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tio,Stonewall foi nos EUA,não em Cuba.

      Excluir
    2. anonimo 12.38 para de dar pitaco idiota, estou comentado o post do tony, ninguem falou nada de E.U.A

      Excluir
    3. 01:56-Eu faço o comentário que eu
      quiser,idiota.Os crentes americanos
      perseguem gays,desde sempre.
      Stonewall foi nos EUA,onde a raça
      evanjegue foi exportada pra cá.

      Excluir
    4. Que comentário confuso, rapaz. O 21:42 comentou a repressão de Cuba sobre os gays, um fato histórico e documentado. Nem falou em Stonewall.

      Excluir
  3. Perdi minha amiga pavinatta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PAVINATO ADORA SE APARECER, O IMPORTAnte é aparecer, ser famosa, valorosa, falar merda na jovem pan.

      Excluir
  4. "Fica o aviso para as bichas que se misturam à escória da extrema-direita, achando que serão toleradas por compartilharem dos mesmos ideais políticos. Não serão."

    Tá avisada Eduarda Leite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 00:50-Não é Eduardo Leite,é o Onyx
      Mussolini que dizia que,com o Eduardo
      o RS não teria primeira-dama.kkkkkkkkk

      Excluir
    2. Vc é um asno? Eduardo Leite é um democrata

      Excluir
    3. 16:48 respondendo ao 00:50.

      Excluir
    4. 'Vc é um asno? Eduardo Leite é um democrata'

      Ri litros agora...

      Excluir
    5. anonimo 00.50 nao se iluda, a direita é pior, mas se a esquerda nao é santa, parem de ser idiotas, temos direitos gracas ao judiciario e nao aos politicos, as bichas de cuba lutaram junto a revolucao e depois foram para as fazendas de cana!

      Excluir
    6. 02:02-Deram castração química pra
      um gay num país que não foi Cuba.
      E os políticos de esquerda sempre
      defenderam vocês,não os de direita.

      O Leite é um democrata perto do
      Tarcísio,do Zema e do filho do
      Ratinho-além do próprio Ratinho pai.

      Excluir
  5. Meu amigo Tony que erro de palmatória. O cabaré que inspira o Cabaret é o kit kat e não o Eldorado. Aliás na altura o que não faltava eram estabelecimentos para gay e lésbicas e afins em Berlin. O que achei estranho foi não falarem explicitamente do Kit Kat era menos elitista e mais barato que o Eldorado mas muito mais concorrido é frequentado e foi onde Isherwood passava a vida e escreveu parte das memórias de Berlin que são a base do guião do Cabaret

    ResponderExcluir