sábado, 1 de abril de 2023

UNITED COLORS OF BARRETO GOES

Meu pai se gabava de que seus cinco filhos se pareciam apenas com ele, e nada com as mães (ele foi casado duas vezes; eu sou o primogênito da segunda mulher). Não era verdade, mas papai ficaria felicíssimo de ver que o DNA Barreto Goes está se espalhando pelo mundo, e que todos seus descendentes se parecem mesmo com ele. Ontem em Genebra rolou um jantar com quase todos os meus parentes e agregados de lá, e eu finalmente conheci os quatro sobrinhos-netos que me faltavam: Louis e Joe, cuja mãe é filha de um suíço alemão e uma tanzaniana, e Izayah e Alyah, cujo pai é senegalês (ela não aparece na foto; quem está aí é Julia). Nessa parentada toda já corria sangue judeu, italiano, sueco, belga e, claro, brasileiro. Agora falta conquistarmos a Ásia, mas isto já está sendo providenciado. Um sobrinho no Brasil está namorando uma garota de origem coreana.

5 comentários:

  1. O Mio Babbino Caro
    Mas sangue brasileiro já não é sinônimo de sangue Global. Ah o sobrinho com a namorada Coreana é só uma confirmação.

    ResponderExcluir

  2. Tony deu uma misturada em nacionalidade e etnia no post.
    Vc é brasileiro mas é branco, viu Tony, mesmo sendo latino na Disney e Genebra... rs E agora é um branco brasileiro clássico, já pode até dá a carteirada: "Não sou racista, tenho até sobrinho-neto negro."
    Mas impressionado eu tô com esse trecho: "Ontem em Genebra rolou um jantar com quase todos os meus parentes e agregados de lá..." Vergonha de falar de onde é minha galera! 😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava demorando um comentário como este... preguiça master.

      E eu ainda não entendi como que esse fulano se melindrou com a frase sobre meus parentes e agregados de Genebra. Quase todos nasceram lá, e todos moram lá há décadas. O cara não sabe a história da minha família e se sente autorizado a me dar palestrinha.

      Excluir
    2. Vergonha é teu comentário. Que coisa ridícula é sem pé nem cabeça.

      Excluir
  3. Eu não entendi nada, mas não importa. O que vale é que as crianças são lindas e fofas.

    ResponderExcluir