terça-feira, 11 de abril de 2023

MACARON EM FORMA DE FILME

Mesmo sabendo que o filme provavelmente chegará ao Brasil, não resisti a ver aqui em Paris o mais novo do François Ozon. Depois de rodar uns dramas pesados nos últimos anos, um dos meus cineastas prediletos volta às comédias - e, como sempre quando faz comédia, o roteiro é adaptado de uma peça teatral. A história se passa no final dos anos 30, quando uma jovem e bela atriz desempregada é acusada de matar um produtor, um crime que a gente não sabe se ela cometeu. É defendida no tribunal por sua melhor amiga, que é advogada, e absolvida alegando legítima defesa. Aí ela se torna a coqueluche du tout Paris, fazendo o sucesso que sempre quis. Mas eis que surge uma atriz mais velha, dizendo que foi ela quem matou o velho... Gostoso, levinho e colorido,  "Mon Crime" é um macaron em forma de filme. Com uma camada extra de sabor acidulé proporcionada por Isabelle Huppert, que, a bordo de uma peruca cacheada, faz um diva decadente, e parece estar se divertindo mais do que a plateia.

Um comentário: