domingo, 12 de março de 2023

PRIOLIDADES

Hoje sai na Folha minha terceira entrevista para a coluna de domingo da Mônica Bergamo. Conversei com a Gabriela Prioli pela segunda vez na vida, e agora o gancho é a chegada dela ao "Saia Justa", do GNT. Mas também falamos muito de sua filha de dois meses, Ava, e, como não podia deixar de ser, de política. Na reta final da gravidez, Gabriela foi alvo de ataques dos minions, essa corja que finge ser a favor da família. Pena que uma página inteira de jornal ainda foi pouco: muita coisa teve que ficar de fora, pois Gabi é um manancial inesgotável de opiniões. E no meio disso tudo ela ainda arranja tempo para cuidar de um bebê, não sei como.

4 comentários:

  1. Ela me passa uma impressão de ser uma chatinha sabe-tudo que tem opinião sobre qualquer assunto que existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela realmente sabe tudo e tem opinião sobre qualquer assunto, mas não tem nada de chatinha.

      Excluir
  2. Vc cometeu uma FAKE NEWS grosseira, e parece que não foi corrigida: Gabriela Prioli graduou-se em Direito pelo MACKENZIE (e não USP, como vc escreveu). Depois do bacharelado pelo MACKENZIE, aí sim ela fez mestrado na USP. Vc simplesmente INVERTEU tudo ! Tenha a humildade de corrigir essa FAKE NEWS, por gentileza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu cometi um engano, Anônimo. "A honest mistake", como se diz em inglês. Fake news é outra coisa: é uma mentira proposital, com o intuito de influenciar a opinião de quem lê. E humildade você saberia que eu tenho se lesse mais esse blog, porque eu vivo cometendo erros (todo jornalista comete) e corrigindo-os.

      Ah, sim, e não tem espaço entre a palavra e o ponto de exclamação.

      Excluir