quinta-feira, 9 de março de 2023

ILEGALMENTE LOURA

Vai ter leitor reclamando que eu estou dando palanque para o Nikolas Ferreira, como se não repercutir o asqueroso discurso que ele fez ontem na Câmara bastasse para esse escrotinho desaparecer da face da Terra. Além de ser tarde demais - a falsa loura ganhou a capa de todos os jornais - ignorá-lo é ainda mais perigoso. Nikolas, que se finge de cristão, atacou seu alvo favorito, as mulheres trans, um dos grupos mais vulneráveis do Brasil, e ainda criticou o feminismo em pleno Dia Internacional da Mulher. Ele foi o deputado federal mais votado do país em 2022, e suas boutades preconceituosas lembram as de outro campeão de votos, que logo descobriu que dizer barbaridades lhe ganhavam espaço na mídia. Só que não dá para cometer o mesmo erro de novo: Biroliro deveria ter sido cassado ou, no mínimo, punido, pelas muitas vezes que feriu o decoro parlamentar. Levou só uns tapinhas nas mãos e se tornou o pior presidente da República de todos os tempos. Portanto, não dá para bobear. Nikolas Ferreira precisa ser escanteado enquanto é tempo.

17 comentários:

  1. Nao sabia que a câmara tinha virado a praça é nossa.

    ResponderExcluir
  2. Ô mas se o passatempo favorito das feministas tb é atacar as mulheres trans, pq um canalha desse não se sentiria a vontade para fazer o mesmo.
    Mas agora tá ótimo para elas, os homens estão tomando redpill, com estes elas não precisam se preocupar.
    Nos fodemos todos! Quando isso começou a acontecer?

    ResponderExcluir
  3. Se o Nikolas não for gay, o namorado dele é.

    ResponderExcluir
  4. Ele não vai ser escanteado. Aqui é Brasil. E a voz dele é a representação de uma grande parcela brasileira à esquerda e à direita.
    Eu por exemplo, trabalho home office e meu vizinho tem uma oficina mecânica nos fundos da casa. E infelizmente não tem como não ouvir as conversas, nem ignorá-las. Sabe gente que fala alto? Sabe um grupo de pessoas onde todos falam naturalmente alto? Quando ele, os funcionários e a esposa dele falam sobre os LGBT nossa! É um horror! É um show de homofobia, é um show de transfobia. Aconteceu hoje mesmo e não foi a primeira vez. Não gosto de trabalhar ouvindo música ou qualquer outra coisa, mas me vi obrigado a por um fone de ouvido num som um pouquinho alto porque estava pesado. E mesmo assim o som das vozes vazavam.
    Mesmo quando tento relaxar no dia a dia e não focar só nisso, a realidade teima (em qualquer lugar e hora) em me lembrar que não dá para baixar a guarda e de que não importa o quanto avançamos: nós somos o-di-a-dos.
    Quanto ao outro lá que está em Orlando, não sei, talvez seja melhor que fique por lá... Tá tão bom não ter que ouvir aquela maldita voz com frequência... Não acredito que se voltar vai ser preso. E pelo mesmo motivo que já destaquei: aqui é Brasil e justiça não costuma ser o nosso forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 15:32-Ninguém na esquerda se sente
      representado por um bozista nazistóide.
      ELE É DO PL,O PARTIDO DO MIJAIR,
      ACORDA PRA VIDA,MENINA!!!!!!!!

      Excluir
    2. 21:13 Ele disse que a fala do Nikolas é a representação de muita gente. Não disse que muita gente da esquerda se sente representada. E é esse o problema. Muita gente da esquerda acha que Nikolas não os representa, mas reproduzem o mesmo discurso e carregam o mesmo pensamento.

      Excluir
    3. 00:02-Não tem nenhum vereador,
      senador ou deputado de direita que
      representa os gays abertamente-
      nisso,o Brasil e os EUA estão iguais.

      Excluir
    4. Vocês esqueceram do tanto de viada defendendo 'essas pautas' desde 2013, aqui.
      Um demônio não era Nikolas, era Jean Wyllys.
      G-

      Excluir
    5. 14:10-Mas o JW saiu da política
      porque quis!!!!

      Excluir
    6. Se o Bolsonaro não for preso, ele ganha em 2026. Já era hora do PT (e o Lula) ter entendido que dar posse a uma ministra indígena em uma cerimônia típica da etnia dela é tocante para uma parcela ínfima da população. O Lula precisa mesmo é produzir um milagre econômico, é isso que toca o povo.

      Excluir
    7. Anonimo de 14:10 você por acaso é hetero? Mal amado ja deu pra perceber que é! Chamar homens homossexuais de viada é um absurdo! Cara-de-pau! Até quando a gente vai ter aguentar isso?!

      Excluir
    8. 14:09-Só garimpeiros e ruralistas não
      gostaram de ter uma ministra indígena.
      O Mijair já era,em 2026 vão botar o
      Tarcísio no lugar dele.O povo não sabe
      votar,como dizia Pelé-este,sim,foi o
      verdadeiro gol de placa da sua vida.

      Excluir
  5. O Mio Babbino Caro
    Sei não, tenho comigo que foi retirada a lona que cobria o circo e viu-se que a platéia se confunde com os palhaços no picadeiro. Torço pra sua mão continuar a segurar esse chicote que nos instiga a refletir.

    ResponderExcluir
  6. Só acho que merecia uma surra.

    ResponderExcluir
  7. E eu que achava que carioca era burro na hora do foto, mas os mineiros estão ali, juntinho, de mãos dadas!

    ResponderExcluir
  8. Não vai acontecer nada com esse sujeito, simplesmente porque o foco dessa gente são os lgbt, que a maioria das pessoas odeiam (sobretudo homens homossexuais e mulheres trans). Se tivesse ofendido as mulheres, ou a população negra ja teria sido escorraçado, e a gritaria estaria sendo muito maior, mas lgbt ninguem nem liga!

    ResponderExcluir