terça-feira, 14 de março de 2023

CINCO ANOS DEPOIS

É inacreditável pensar que, cinco anos depois, ainda não se saiba quem mandou matar Marielle Franco. Quer dizer, é óbvio que a polícia sabe: a veradora carioca incomodava a milícia da Zona Oeste da cidade. Mas o desgoverno Biroliro, que tinha óbvias ligações com esses criminosos, deu um jeito para que a verdade não viesse toda à tona. E ainda espalhou a potoca de que Marielle era ligada ao narcotráfico, algo em que muito direitista desinformado acredita até hoje. Com Lula na presidência e Anielle no ministério, existe a esperança de que esse crime terrível finalmente seja elucidado e os culpados, punidos. Mas convém não inflar as expectativas. Estamos no Brasil, onde a Justiça planta bananeira.

13 comentários:

  1. Segundo os boatos o alvo era o Jean Willys, mas com o receio de criar um mártir, a milícia optou pela Marielle. Localmente foram mais ou menos bem sucedidos, basta ver como está o Hell de Janeiro. Já no campo político, perderam feio. Sim, feio. É só lembrar que até a Dilma conseguiu se reeleger e o Bolsonaro não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dilma venceu em MG-Bolsonaro,não.
      Foi isso que aconteceu.

      Excluir
    2. Quem ganha em MG, ganha as eleições. E Bolsonaro perdeu onde a Dilma ganhou reeleita. Se isso não é perder feio, é perder horrível.

      Excluir
    3. Brasil, se houvesse uma consulta hoje: Você é a favor ou contra ter assassinado Maríelle?
      Daria no mínimo empate.

      Excluir
    4. Essa teoria da conspiração sobre o alvo ser Jean Willys é de um RIDÍCULO constrangedor. Até o dia de seu assassinato, NINGUÉM, absolutamente NINGUÉM de fora da cidade do Rio de Janeiro conhecia ou sequer ouvira falar em Marielle Franco. Até no Rio de Janeiro ela era bem pouco conhecida. Então é ÓBVIO que houve um motivo bem particular, bem direcionado. O mandante CONTRATOU o Escritório do Crime, a milícia que PASMEM !, oferecia "serviços de homicídio". Coisa comum, né ? Serviços contábeis, serviços de vigilância, serviços de limpeza, gatonet, botijao de gás, água encanada e serviços de homicídio. Legal, né ? O cliente chega no tal escritório e a recepcionista pergunta: "pois não, em que posso ajudá-lo ?" Ao que o cliente responde: "Estou interessado em contratar serviços de homicídio". E a recepcionista então mostra uma tabela de preços. É INACREDITÁVEL o fundo do poço em que chegou o Brasil. Mas não se assuste, sempre é possível cavar mais um tanto. Como nos comprova a MC PIPOKINHA, né mesmo ?

      Excluir
  2. Eu acho que tem muito mais caroço nesse angu.
    Muita gente é uma pedra enorme no sapato da milícia, mas nem por isso eles saem fazendo o que fizeram no caso dela.
    Não tem como não haver um grande segredo nesse caso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem não caroço não. Vou facilitar as coisas e vida de voces: 'Eles acharam que iriam calar a boca de uma neguinha forgada. E si fuderam.'
      Deu pra entender.
      G-

      Excluir
    2. Não vi ninguém sendo fundido até agora. Na realidade, esse caso está sendo um case de sucesso para a milícia.

      Excluir
    3. Há problemas sim. A mílicia da zona norte responsável pela execução da Marielle e do motorista Anderson têm laços com os Bolsonaros. Daí os Bolsonaros serem mandantes já é um tanto delirante, mas que dá pra fazer uma barafunda bonita nisso, dá sim. É sabido que o Carluxo e a Marielle não se suportavam na câmara (não pegavam nem o mesmo elevador) e é sabido tbm que o alvo era o Jean Willys, tanto é que depois que a Marielle foi morta, o Jean deixou a política, fugiu e vive escondido ATÉ hoje na Europa, junto com o Zé Padilha, este foi depois que lançou o Tropa de Elite 2 (que retrata muito bem a milícia carioca, só os inocentes não reconheceram os personagens da vida real ali). Sobre o Willys, o esquerda progressista, a gay parda não padrão, AQUELA que CUSPIU na cara do Bolsonaro... Que já sabia o que o Bolsonaro era (os Bolsonaro, diga-se de passagem) quando todo mundo FINGIA que não: dos Faria Limers à UMA ESCOLHA DIFÍCIL do Estadão... Mudaram o alvo para a Marielle pra mandar um recado, o recado foi passado, mas construíram também um mártir. Não sei se as gays rancorosas perdoariam Jean Willys se ele tivesse sido mantido na mira, mesmo que essas mesmas gays hipócritas não tenham um décimo da coragem que ele teve. Deus me proteja dos cidadãos de bem e mais ainda das gays de Direita.

      Excluir
    4. Fazem apenas três meses que apearam a milícia do poder. Se você não consegue analisar nem a partir disso, fica difícil te levar a sério, com todo respeito.
      G-

      Excluir
    5. 14:29 Era mais fácil as gay de direita matar Jean wyllys do que a milícia. Você não sabe o que é uma gay de direita. Lembre o tempo que elas dominaram aqui o blog. A era DEFU.
      G-

      Excluir
    6. 12:47-Gay de direita é igual filho
      de prostituta chamado Júnior-
      NÃO EXISTE,palhaço!!!!!

      Excluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Cinco anos depois e ainda não foi 'REVELADO' quem matou Maríelle Franco.
    Muito direitista 'ESTAVA CONVENIENTEMENTE PRONTO PARA ACREDITAR', que Marielle era ligada ao narcotrafico.
    (E o Amarildo?)

    ResponderExcluir