quinta-feira, 23 de fevereiro de 2023

MUITO FAUDA

A chegada da quarta temporada de "Fauda" à Netflix no mês passado me fez criar vergonha na cara. Finalmente comecei a ver esta série israelense, desde o primeiro episódio. Não sei porque não fiz isto antes: afinal, eu adoro "Teerã", que é dos mesmos criadores. Já terminei a primeira temporada, que eu achei muito boa. A segunda tem episódios um pouco mais longo e um nível de tensão ligeiramente mais baixo. Mas os roteiros, sobre os atritos entre uma unidade da inteligência de Israel e um braço do Hamas, são sempre críveis e assustadores. E o que dizer dos atores? Muitos deles são árabes, e eu sempre me espanto com palestinos vivendo entre os judeus sem que ninguém vá pelos ares. Imagino como eles são vistos por suas próprias comunidades: traidores? Ou o melhor mesmo é todo mundo coexistir em paz? (dãã) E agora uma pergunta para quem já acompanha "Fauda": você acha o Doron bonito?

2 comentários:

  1. Adoro Fauda (assim como também adorei Teerã), e sim, acho o Doron uma delícia (o típico muscle bear)...Estive recentemente em Israel e sim, é bem estranho ver muuuitos árabes vivendo e trabalhando em Israel, aparentemente sem maiores problemas, apesar da guerra diária nos territórios palestinos...

    ResponderExcluir
  2. Não. Mas parece ter pegada.

    ResponderExcluir