quarta-feira, 22 de fevereiro de 2023

DO JEITO QUE O DIABO GOSTA

Acabou o carnaval. Não foi um arraso de entrar para a história como o de 1919, que celebrou o fim da pandemia de gripe espanhola. Mas, pelo que eu vi na TV e na internet, foi bem animado de norte a sul do Brasil (quase não saí de casa nesses últimos dias). Talvez porque não haja mais a unanimidade que havia 104 anos atrás. Naquela época, os crentes ainda não eram em número suficiente para pentelhar quem só quer se intoxicar e pegar doenças sexualmente transmissíveis, sem fazer mal a ninguém. Hoje os fiscais religiosos da folia alheia só perdem em chatice para quem faz lista de fantasias "proibidas". Os demônios que invadiram os sambódromos do Rio e São Paulo escandalizaram esse pessoal que não consome mais maionese Hellman's porque tem hell no nome. Os chucros em se deram ao trabalho de perceber que, no enredo do Salgueiro, o diabo é derrotado pelas forças do Bem.

Também caíram matando em cima da cantora Simone Mendes, ex-Simaria, só porque ela foi para um camarote a bordo de um collant decotado. "Ela diz ser cristã e está no Carnaval.", choramingou uma internauta. "Já nem sei mais nada". Não sabe mesmo. Quem deveria ser criticado era o estilista da moça, que colou pedrarias em lugares estratégicos do modelito e deixou tudo com cara de pelo púbico. Outra que não sabe nada é a execrável Antonia Fontenelle. Foi zombar da Imperatriz Leopoldinense, e a escola de Ramos é a nova campeã do carnaval carioca.

7 comentários:

  1. Roubaram da Mangueira e da Beija-Flor,
    pra variar.Este Carnavalzinho das
    tragédias do Litoral Norte e do Mato
    Grosso foram pra lata de lixo da história.

    O resto foi coisa pra Orquestra
    do Titanic-pra se esquecer,mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Ih. Lem vem o Tony vendo o copo meio vazio...

    ResponderExcluir
  3. O Mio Babbino Caro
    É tudo isso que vc falou mesmo Mestre...como somos quase irmãos siameses, também quase não sai esse ano. Pra dizer que não, só fui ver o Ilú, verdadeiro acontecimento da abertura do Carnaval de São Paulo, esse ano homenageando a Digna Sueli Carneiro, as Mulheres Pretas realmente botam pra quebrar. De resto fiquei longe da Chuva, na Cama e no Celular entre as Tragédias e a Folia. Que bom ter morrido aqueles carnaval da The Week achando que eram as únicas bichas do Planeta num Paraíso Perfeito, as Glórias, Majur e Pablos botaram tudo no lugar, mostrando que a festa é para TODES rs
    Mas dava para sentir a demanda reprimida em SSA e Errejota, torci por todas escolas certas esse ano. As maravilhosas Va-Vai e Camisa, voltando ao desfile Principal. Yassuke atravessando os séculos e chegando vencedor na Mocidade e o Baile Perfumado da Sapucaí com a Imperatriz, embora a Viradouro tenha feito bonito. Não achou? Hoje falei pra caralho mas só por que estou feliz e sobrevivi a mais um carnaval...Prometo que volto ao modo "avião", na próxima rs

    ResponderExcluir
  4. EH,QUE TEXTÃO CHATO DE FACEBOOK.

    VA-VAI??????????kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. NAO SEI QUE CRITERIO USAM PARA AVALIAR, MAS PAULO BARROS MAIS UMA VEZ FOI BRILHANTE E TEVE QUE AMARGAR UM TERCEIRO LUGAR ( QUAL O BICHEIRO QUE PAGOU MAIS?!?)

    ResponderExcluir
  6. misericordia, essa cantora sertaneja é muito cafona, o estilista tinha que ser preso!

    ResponderExcluir