terça-feira, 3 de janeiro de 2023

AZUL DA COR DO MAR

Só ontem que eu consegui ver "Avatar: O Caminho da Água", porque só ontem meu marido, o filme e eu nos encontramos todos na mesma cidade. Confesso que eu não estava doido para ver essa continuação. Sim, gostei muito do original de 2009, mas lá se vão 13 anos. Aliás, senti que faltou um recap nas primeiras cenas. Ao invés disso, James Cameron faz um prólogo ultra movimentado, que eu não acompanhei direito porque meu óculos 3D veio sem lentes. Já com eles trocados, mergulhei de vez na história quando Jake Sully e sua família encontram refúgio com os na'vi do mar. Nunca fica claro porque eles estão sendo perseguidos por um bando de humanos transformados em avatares, mas não importa: sem essa perseguição, não existe filme. E que filme. A partir do momento em que os fujões chegam à beira-mar, o espectador é transportado para um mundo mágico, deslumbrante, de cair o queixo. James Cameron é, antes de mais nada, um storyteller de primeiríssima linha. O fato de ele usar a mais avançada tecnologia a seu favor o eleva a uma categoria rarefeita de diretores, onde só está o Spielberg e olhe lá. Cada frame de "O Caminho da Água" deve ter custado mais do que todo o dinheiro que eu vou ganhar na minha vida. O melhor é que não foi grana jogada fora: dá para ver cada dólar na tela, e são mesmo muitos. Mesmo assim, não é um filme perfeito. A duração longuíssima (mais de três horas) se faz sentir no final, quando uma batalha naval descamba para o mano a mano e parece que nunca mais acaba. Os diálogos, ponto fraco de Cameron, também deixam a desejar aqui e ali. Mas a mensagem ecológica e pacifista está ainda mais urgente do que da primeira vez. Deixe-se afundar nesse universo azul, de preferência em 3D, e tente adivinhar qual papel a Kate Winslet faz. Eu acertei.

9 comentários:

  1. Eu quero assistir, mas estou com uma baita preguiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista os filmes de Greta Gerwig
      e do seu marido-é muito melhor.

      Excluir
    2. 21:59 Devo ir assistir Barbie assim que estreiar.

      Excluir
    3. 22:24-Melhor que ver filme que
      copia os Smurfs na cara dura
      como este da foto aí em cima.
      Avatar é duro de aguentar!!!!!!

      Excluir
  2. Eu acho que não dá pra falar de ecologia sem falar no fim do capitalismo e é isso que esses filmes rasos não tem coragem de falar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 08:42-Vá pro Turcomenistão
      e seja infeliz.kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Sabia que esse é o primeiro filme que dispensa os óculos para efeitos 3D. Mas por enquanto, só funciona nos cinemas americnanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 16:28, como vc pode ver no link abaixo, isso não é verdade.
      Vc precisa sim de óculos para ver avatar nos EUA.
      Os criadores do filme acreditam que usar óculos 3D faz parte da experiência de ir num cinema 3D e nunca sequer tentaram desenvolver um filme 3D onde eles não são necessários.

      https://www.cbr.com/james-cameron-no-glasses-free-3d-avatar-the-way-of-water/

      Excluir