sexta-feira, 30 de dezembro de 2022

EU QUERO UMA PRA VIVER

Entrevistei Gabriela Prioli em agosto e tive o desplante de dizer que ela é o pacote completo: inteligente, articulada, desenvolta em frente à câmera e, ainda por cima, bonita. Eu estava errado. A Prioli vai além. É uma autêntica intelectual, culta e preparada, que vem fazendo um trabalho de divulgação da ciência política comparável ao que alguns cientistas e jornalistas fazem pela astronomia ou pela história. O novo livro da moça, "Ideologias", é um manual de primeiros-socorros talhado para esses tempos em que todo mundo se acha politizado, mesmo sem ter ideia de porra nenhuma. Gabriela explica em minúcias as origens, a evolução e as diversas correntes doa três grandes ideologias ocidentais: o liberalismo, o conservadorismo e o socialismo. Apesar de tecer críticas aqui e ali, ela consegue se manter imparcial o tempo todo, e defende o debate de ideias como benéfico para todas as partes envolvidas. Escrito em linguagem acessível mas esbanjando erudição, "Ideologias" é quase um livro obrigatório, e confirma que Gabriela Prioli chegou mesmo com tudo.

8 comentários:

  1. amém por ser um social-liberal

    ResponderExcluir
  2. Gabriela Prioli imparcial. Çei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 03:03: O ano tinha que terminar com uma última piada.

      Excluir
    2. “Não existe imparcialidade. Todos são orientados por uma base ideológica. A questão é: sua base ideológica é inclusiva ou excludente?”
      Já imagino qual seja a sua anônimo ;-)

      Excluir
    3. Anônimo31 de dezembro de 2022 às 12:43 - E qual é a minha?

      Excluir