quinta-feira, 10 de novembro de 2022

TOMARAM CHUVA À TOA

Às vezes a Deusa sabe o que faz. A morte inesperada de Gal Costa, seguida pela do Rolando Bolrdin, serviram para ofuscar a grande não-notícia de ontem: a dvilugação do relatório das FFAA sobre a segurança das urnas eletrônicas. Vai ver até que esperaram um dia em que a mídia estivesse ocupada com coisas realmente importantes para soltar o documento. Com o rabo enfiado entre as pernas, para não dizer no cu, os milicos de merda admitiram muito a contragosto que não houve fraude, mas que poderia haver se as urnas fossem conectadas à internet - SÓ QUE NÃO SÃO nem nunca foram. Esse imbróglio todo equivale a alguém te parar na rua, do nada, e dizer que você tem a maior cara de ladrão. Não há nenhuma prova, nem sombra de boato sobre algum suposto roubo, mas você tem cara de ladrão e agora vai ter que ir à delegacia provar que não é. Essa corja esquece que o ônus da prova cabe a quem acusa, e é por isto que se cobrem de ridículo os colunistas que ainda insistem que o TSE precisa responder às "demandas justas" dos golpistas. Da próxima vez, arranjem provas robustas antes de bloquearem estradas, impedirem transplantes e quimioterapias e convocarem greves fracassadas. É o que dá acreditar nos tios do zap e nos robôs do Carluxo, o sumido, e nas promessas falsas do cristão de araque, esse cavalariço xucro que chegou à Presidência. A transição de Lula está passando feito um caminhão com um idiota agarrado ao pára-brisa, e o próximo governo já começou. Bozo se apequenou ainda mais. Só resta ao gado tomar choroquina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário