quinta-feira, 17 de novembro de 2022

DOHA MEU

Parece que vai ter Copa do Mundo, vocês ouviram falar alguma coisa? Porque na TV quase não há comerciais exaltando a seleção. Também não ouço nenhuma musiquinha tipo "90 milhões em ação" (sim, sou dessa época). O fato é que o Brasil está longe de reviver a febre de outros mundiais. As razões para esse desânimo são muitas. Nosso melhor jogador é um bebê chorão, egocêntrico e equivocado. Quase todos os convocados jogam na Europa, longe das torcidas daqui. Também estamos meio desencantados com o futebol. Faz 20 anos que erguemos a taça pela última vez, houve um 7 a 1 no caminho e aprendemos que, ganhando ou perdendo, continuamos na merda de sempre. Sem dizer que, para muitos, a camisa canarinho virou radioativa. E ainda tem o fator Qatar. O paiseco do Golfo Pérsico achou que a Copa seria a oportunidade perfeita para o planeta admirar sua pujança econômica, mas o tiro saiu pela culatra. O que virou pauta é sua legislação homofóbica, seu tratamento desumano aos trabalhados imigrantes e suas proibições de cerveja e demonstrações de afeto em público. Dua Lipa, Shakira e Rod Stewart revelaram que foram convidados para o show de abertura, mas não vão por causa do desrespeito do Qatar aos direitos humanos. Assim não tem clima mesmo. Até o debate sobre o horário de verão está mais interessante.

7 comentários:

  1. Futebol = radiação. Qatar combina perfeitamente com o que o futebol representa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo homem que torce pra futebol
      masculino é gay e não sabe-são
      aqueles falsos moralistas metidos a
      machos vestidos de verde e amarelo.

      Excluir
  2. E ainda tem a denúncia de que o país criou torcidas fake para mostrar para o mundo que estrangeiros estão chegando aos montes para a copa.

    E quanto a camisa canarinho: a dona Globo acho que tentou limpar a imagem da camisa colocando o apresentador do Globo Esporte trajado com a dita cuja. Não lembro de apresentadores vestindo ela em outras copas. Para mim não vai rolar. O ranço está entranhado.

    ResponderExcluir
  3. Alguma das meninas acompanha o futebol? Já ouviram falar da Liga das Nações ou a Champions League? A escolha do Qatar foi um erro e o fato da Copa excepcionalmente começar no final do ano explica o desinteresse momentâneo, com as seleções tendo 10 dias de preparação aos invés de um mês como anteriormente. Já faz mais de 30 anos que a imensa maioria joga no exterior . Deixa começar a Copa pra ver se o desinteresse continua.

    ResponderExcluir
  4. Deveriam convidar a Claudia Leite para o show de abertura, que afinal já teve a experiência no Itaquerão.
    Ah, Tony: o link do post do koo está quebrado no Twitter.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivan,nem todo mundo se vende fácil.
      Copa em ditadura não dá!!!!!!

      Excluir
  5. texto perfeito! menina tonica escreve bem demais.

    ResponderExcluir