terça-feira, 8 de novembro de 2022

DE FÉRIAS COM O EX

Ainda faltam 53 dias para acabar o desgoverno, mas, na prática, Edaír já é o ex-presidente do Brasil. O cara nunca foi chegado ao trabalho, mas, desde que foi enrabado por Lula nas eleições, não fez mais live nem desceu ao cercadinho para brincar com os bezerros. Está titi, amuado e, segundo o Metrópoles, dodói de uma perna. Na ausência do Minto, o futuro presidente já começou a governar. Vai até para a COP27 no Egito, um evento importantíssimo a que o Bozo nem pensou em comparecer. O poder, assim como a natureza, abomina um vácuo, e vácuo é o que não falta para o Derrotado. A greve geral convocada para esta segunda nem saiu do papel. Os bloqueios nas estradas vão minguando, e a opinião pública está maciçamente contra eles - pudera, até estragar um coração que ia ser transplantado os golpistas conseguiram. Alguns ainda insistem que o Perdedor só está esperando o relatório das FFAA sobre as urnas eletrônicas para ressurgir todo pimpão gritando "fraude", mas esse timing já foi perdido. Enquanto isto, os minions continuam compartilhando pareceres jurídicos de sumidades como o general Benjamin Arrola e o doutor Cucca Belludo. Que férias maravilhosas.

4 comentários:

  1. Que felicidade ler esta coluna!

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    A alegria do abençoado é ver o demônio torrar, lembranças Pastoura Nadir.

    ResponderExcluir
  3. Pensando bem, ele nunca teve timing. O maior timing da vida dele veio de outra pessoa, que resolveu mudar a história do Brasil e lhe deu uma santa (para ele) facada.

    ResponderExcluir
  4. A família se prepara para fugir para a Itália.

    ResponderExcluir