segunda-feira, 7 de novembro de 2022

AS IT WAS

Todo mundo quer ver "My Policeman" porque o Harry Styles aparece pelado em tórridas cenas de sexo gay. Aparece mesmo, e o rapaz está tão desinibido que já vão acusá-lo de queerbaiting mais uma vez. Mas o filme da Amazon é mais do que isto. É a história tristíssima de um triângulo amoroso onde ninguém se dá bem, contada em dois tempos diferentes. No primeiro deles, na década de 50, um jovem policial de Brighton, no sul da Inglaterra, está de casamento marcado quando se engraça com o curador de um museu. Bicha fina e experiente, este cara abre todo um mundo novo (entre outras coisas) para o bravo homem da lei, inclusive fora da cama. E fica muito amigo da noiva do namorado, formando um trisal involuntário. Mas os dois não são muito discretos, e viadagem era crime pela lei britânica até meados dos anos 60. Algo horrível acontece. Muitos anos depois, todos se reencontram, já bem mais velhos. "My Policeman" é dessas histórias em que todos têm razão e o verdadeiro vilão é o Estado, a sociedade, o patriarcado. Dá muita tristeza pensar que vários casos semelhantes devem ter acontecido. Também dá alívio lembrar que, apesar dos pesares, vivemos numa época muito mais livre que a de 60 anos atrás.

14 comentários:

  1. "queerbaiting" ? ele é abertamente bissexual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né não. Jura de pé junto que nunca teve "experiências" com outro cara.

      Excluir
  2. Ele não tava de casamento marcado. Ele a propôs em casamento justamente para encobrir suspeitas sobre sua orientação sexual depois de já estar em uma relação com a bicha fina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso. E a bicha fina paga um preço muito maior do que os outros dois, que são pessoas mais fracas em caráter.
      Achei o final forçado, afinal, se o amor deles era algo tão arrebatador, pq levaram tanto tempo para se reencontrarem?

      Excluir
    2. Isso é site de crítica de filme ou é
      xingamento homofóbico?Vão a m****.

      Excluir
    3. Olá, xóvem, bem-vindo ao meu blog, no ar desde 2007. Não, não é site de crítica de filme, e aqui "viadagem" não é xingamento.

      Excluir
    4. A crítica tua é ótima,Toninho.Já os
      comentários aqui são do nível
      Roberto Jefferson-conhece ele?

      Excluir
  3. Acho ele tão sem sal, que não tô empolgado para ver a piroca dele, mas o filme tô curioso! Mas ator gostoso e piroca boa recomendo a série White lótus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 21:52-Que textinho vagabundo o teu:
      típico de caminhoneiro catarinense.
      XÔ!!!!!!!!!

      Excluir
    2. Tô tao preocupado com a sua opinião, que hoje não vou nem conseguir dormir! Se toca ridícula.

      Excluir
    3. zzzzzzzzzzzzzzzz............

      Excluir
  4. Que mentira, ele só paga bundinha.

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei do filme, única coisa que me incomodou DEMAIS, foi a caracterização dos atores mais velhos. Cara, não tem nada a ver! Pra mim, ficou impossível fazer esse link entre os personagens...

    ResponderExcluir