segunda-feira, 10 de outubro de 2022

RISCO SUPREMO

Biroliro nunca atacou o STF por pirraça. Ele começou a reclamar em maio de 2019, antes mesmo do tribunal começar a conter seus arroubos autoritários. A intenção agora ficou claríssima: criar a sensação, entre seus apoiadores, que a maioria dos ministros do Supremo é incompetente, corrupta e inimiga da "liberdade". Também ele escancarou a intenção de transformar o Brasil numa ditadura. Tanto o Edaír quanto o Mourão já avisaram que, num eventual segundo desgoverno, pretendem elevar para 15 o número de juízes do Supremo. com maioria de 8 juízes, o casamento gay será proibido e a familícia, blindada de qulauqer investigação. Foi assim que começaram as ditaduras da Venezuela, da Turquia, da Nicarágua e da Hungria. Autocratas de direita e esquerda seguem o mesmo figurino hoje em dia, fingindo que respeitam eleições e jogam "dentro das quatro linhas da Constituição". Por isto, é cada vez mais imperativo derrotar o Bozo no dia 30. A democracia brasileira nunca correu um risco maior.

4 comentários:

  1. Não tenho medo do que virá após Dilma...

    ResponderExcluir
  2. O duro é convencer pessoas simples q votam no Bolso. Nao entendem.

    ResponderExcluir
  3. O eleitor do Bozo já não tem mais o controle sobre os seus próprios neurônios. Se o Bozo manda los comer bosta, eles vão lá e comem a bosta.

    ResponderExcluir