quinta-feira, 22 de setembro de 2022

AH, É UM COLÉGIO

Tarcísio de Freitas era um tecnocrata renomado antes de ser abduzido pelo Biroliro. Saudado por parte da imprensa como um dos poucos ministros competentes deste desgoverno, ele cedeu à tentação de se candidatar ao governo de São Paulo, um estado onde nunca morou. Agora, durante a campanha, o cara acusa de xenofobia quem aponta que ele não conhece nada das terras paulistas. Mas, assim com seu chefe, Tarcísio é o maior adversário de si mesmo. A entrevista que ele deu à TV Vanguarda de São José dos Campos, a cidade onde supostamente mora, já viralizou, e pode ajudar Rodrigo Garcia a passar para o segundo turno. O que não é tão bom assim, pois seria mais fácil Fernando Haddad derrotar o candidato do Bozo do que o neotucano.

2 comentários:

  1. Dos mesmos criadores de "eu gosto muito de ler biografias..."

    Vem aí "ah, é um colégio."

    Kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Pois é… se o insosso Garcia conseguir um lugar no segundo turno, já era, o PSDB leva mais uma vez. Paulista acha chique votar 45. No interior do estado, o Haddad está empatado com Tarcísio, inacreditavelmente. Preferem votar em quem nunca morou em SP pra não votarem no PT

    ResponderExcluir