quarta-feira, 31 de agosto de 2022

TRANSPARÊNCIA E REESTRUTURAÇÃO

Ao longo da minha, fui contemporâneo de alguns gigantes da história, como Nelson Mandela e Fidel Castro. O último deles morreu ontem: Mikhail Gorbachev, que fracassou em seu objetivo imediato mas triunfou no longo prazo. O último dirigente da União Soviética queria reformar o encarquilhado Partido Comunista de seu país, uma gerontocracia fechada e ultrapassada. Implementou as políticas de glasnost (transparência do governo) e perestroika (reestrutração do estado). Achou que mais liberalidade na política e na economia manteria o Politburo por mais algumas décadas. Deu errado, como sabemos: galera não queria mais liberalidade, queria o fim do regime. E assim foram caindo todas as ditaduras da Europa Oriental. Depois chegou a vez das próprias repúblicas soviéticas, até que a própria URSS foi declarada extinta em 1991. Gorbachev virou uma figura polêmica na Rússia, onde muitos o veem como o traidor que derrubou o império. Mas, no Ocidente, ganhou uma persona pop, estrelando propagandas e recebendo honrarias. A maior honraria virá agora: os livros registrarão que foi ele o principal responsável por evitar uma hecatombe nuclear, que parecia inevitável no início da década de 80. Gorbachev entrou para o panteão.
 

25 comentários:

  1. Foi ele quem autorizou o bombardeio dos canais de irrigação no Afeganistão deixando os afegãos do interior passando fome por não serem complacentes a invasão o que levou eles a começar a cultivar a papoula e vender heroina opium, vencedor do premio nobel. Não existe nada mais GERITOCRACIO que o capitalismo um sistema burro que destroí o potencial do ser humano pra meia duzia de homens vagabundos poder pagar uma festa com 100 prostituidas, que destroi os sonhos de todos pela insegurança de alguns machos toscos. Não sei não mas pra mim o capitalismo está com os dias contados e seu final será mais tragico que o fim da união sovietica tem muita gente burra por ai mas muita gente tem potencial pra acordar. Cabeças de Setubals vão rolar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E viva o Kampuchea democratico, néam?

      Sinceramente...

      Excluir
    2. Não há o que colocar no lugar do Capitalismo
      G-

      Excluir
    3. "Não há o que colocar no lugar do Capitalismo" Realismo capitalista- mais fácil pensar no fim do mundo que no fim do capitalismo.
      Nick

      Excluir
    4. legal que vejo muita viúva da URSS que se diz contra o imperialismo sendo que a URSS foi um dos maiores símbolos de imperialismo do século XX

      Excluir
    5. Sem o capitalismo,não teriamos a
      Broadway-a oitava maravilha do
      mundo-sem falar nas mulheres
      gostosas de Nova York,Londres,Paris
      e daqui no Brasil,claro.
      M.

      Excluir
    6. Calma Igor, aqui todos são apenas, "um cantor".
      G-

      Excluir
    7. Realismo capitalista é uma estratégia de classe para que as pessoas não questionem o sistema. Nick mas eu sempre te achei um dos mais burrinhos do blog anyways...vc é um daqueles sem potencial pra acordar.

      Excluir
    8. Capitalismo impulsiona a tecnologia e a inovação.
      E libertou mais pessoas das garras da pobreza do que qualquer outro sistema antes dele ou depois.

      Excluir
    9. É impressionante a capacidade de um socialista em ser cego para todas as atrocidades que ocorreram na União Soviética.

      Excluir
    10. Se você não gosta do capitalismo, mude para a floresta.

      Excluir

    11. Comunistas/socialistas tem muito em comum com religiosos.
      O culto à personalidade de Stalin, juntamente com a forte censura e dogmatismo aplicados nesses países.
      Têm muito em comum com bases e emendas religiosas.
      Apenas movendo a ideia de Deus para um líder político que não será questionado sob nenhuma circunstância.
      Rússia e China são estados religiosos. O autoritarismo não permite outros deuses, exceto o governo.

      Excluir
    12. O capitalismo não manda pessoas para gulags, instala governos que levam à fome/morte em massa.
      Foi o socialismo/comunismo que, só no século XX, levou a 100 milhões de mortos.
      Mao, Stalin, Pol Pot, o norte-coreano Kim, etc.

      Excluir

    13. A ESQUERDA DEVERIA TER SIDO POLITICAMENTE EXTINTA NO MUNDO INTEIRO QUANDO PERDERAM A GUERRA FRIA.
      MAS, COMO BEM NOS ALERTOU O FALECIDO ESCRITOR LITUANO E EX-DISSIDENTE SOVIÉTICO VLADIMIR BUKOVSKY.
      FALTOU GRAVEMENTE UM TRIBUNAL AO ESTILO DE NÜREMBERG.
      PARA CONDENAR OS REPRESENTANTES DO LADO PERDEDOR PELOS CRIMES QUE ELES COMETERAM CONTRA A HUMANIDADE DURANTE DÉCADAS!

      Excluir

    14. O socialismo, como todas as ideologias, parece atraente no papel.
      Na realidade, você é submetido à elite que controla todos os aspectos de sua vida.
      Devido à natureza humana, os órgãos governamentais sempre serão corruptos.

      Excluir
    15. O comunismo é um culto à morte e deve ser combatido a cada passo.

      Excluir
    16. A onde tem Comunismo, existe morte e autoritarismo.
      É uma ideologia perfeita para pessoas fazerem atrocidades ou controlar as pessoas.

      Excluir
  2. Que vergonha alheia esse comercial.

    ResponderExcluir
  3. Menos Tony! Nos anos 80 o risco de uma hecatombe nuclear era bem menor que nos anos 60 e 70.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menos,00:13-O Reagan queria fazer
      uma Guerra Fria no espaço chamada
      de "Guerra das Estrelas" com a URSS.

      Excluir
  4. Mikhail Gorbachev era gato! Eu tinha muita vontade de dar um pega nessa delícia com uma mapa na cabeça.

    ResponderExcluir
  5. Pô, ele traiu o movimento comunista, véio!

    ResponderExcluir
  6. A glorificação de Gorbachev pela mídia atlanticista não tem nada a ver com evitar hecatombe nuclear. Tem a ver com comemoração pela queda de única potência que podia conter os EUA. O legado de Gorbachov fez o PIB da Rússia cair 40%. Os salários reais caíram pela metade. A pobreza disparou de 2,2 milhões em 1987-88 para 66 milhões em 1993-95. Meio milhão de mulheres foram traficadas como escravas sexuais. Houve uma queda brutal de 10 anos de expectativa de vida.
    Noam Chomsky fala que, com o choque neoliberal e o fim da URSS, a Rússia voltou ao terceiro mundo de onde saiu. As poderosas estatais soviéticas foram traficadas pro ocidente por Mafiosos e tecnocratas neoliberais. A máfia e o narcotráfico, que não existiam na URSS, passaram a tomar conta do país.
    Por isso Putin é tão popular, ele está trazendo o padrão de vida URSS de volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta groselha-Putin odiava a URSS
      e hoje é tão anti-comunista quanto o
      Mijair-o Chomsky já foi melhor....

      E esse textão de Facebook é uma
      groselhice pura.

      Excluir
    2. Gorbachov foi enterrado hoje, sem honras de Estado, sem autoridades internacionais, sem multidões. Putin ignorou o sepultamento do culpado da "maior tragédia geopolitica do século XXI". Assim acabou a vida do poodle bajulado do atlantismo.

      Excluir