quarta-feira, 3 de agosto de 2022

PSYCHO KILLER, QU'EST-CE QUE C'EST?

Acabei de assistir ao quarto episódio da ótima série "Pacto Brutal", da HBO Max, e cheguei a uma conclusão óbvia: o ex-ator que cometeu o crime, hoje pastor evangélico e defensor do Biroliro, é um psicopata que só quer holofotes, não importa de onde venham. Ele estava radiante na cadeia e deve estar ainda mais radiante agora, quando seu nome voltou a frequentar a mídia. O vídeo que ele gravou pedindo perdão a Gloria Perez é só isso: mais uma tentativa de aparecer, de ganhar seguidores, de continuar famoso. A série deixa claro que o assassinato de Daniella foi um ritual satânico, o que torna o caso ainda mais repugnante. Tudo indica que foi ela quem matou a atriz, a punhalada, enquanto o marido a segurava. Mas, ano contrário do ex-marido, a assassina preferiu sumir. De qualquer forma, não vou citar aqui o nome de nenhum deles. Não quero que maluco google seu próximo nome e depois se regozije de se ver citado no meu prestigioso blog.

25 comentários:

  1. Foi um crime passional. O ator tinha um caso com a colega de trabalho. A esposa descobriu e matou a amante. Simplesmente só isto. Mas como ela era branca e famosa, vocês criam teorias fantasiosas de rituais satânicos e de que eles eram psicopatas. Pessoas normais, de classe média, brancas também matam. Não são só pretos e pobres não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A teoria fantasiosa é a do caso entre vítima e assassino. Nada nunca foi provado e o próprio psicopata admitiu que não havia nada entre eles.

      Na série, uma especialista em ocultismo explica todo o simbolismo inerente ao crime. Recomendo vivamente que você assista antes de repetir bobagens.

      Excluir
    2. É como a Glória fala na série: nem depois de morta tem paz, continua matando a reputação de Daniella

      Excluir
  2. Quem é que frequenta uma igreja regida por esse pastor?

    ResponderExcluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Issumemu Tony

    ResponderExcluir
  4. Falando em HBO Max, e essa história que o serviço será extinto porque o novo CEO da Warner está fazendo uma série de presepadas, que ele julga serem estratégias geniais de nova condução do grupo?

    ResponderExcluir
  5. ai ai apelar pra satanic panic em pleno 2022

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, mané, em 1992. O caso já está resolvido, sabemos quem foram os assassinos. E há indícios fortíssimos de ritual maligno ao redor do crime. Assista à série.

      Excluir
    2. assisti e achei extremamente apelativo e desrespeitoso com a vítima. chamar a s0n14 4br40 para um doc depois de tudo que essa ai já fez…

      Excluir
    3. 14:33-Você prefere quem,o Datena???
      Burros.....kkkkkkkkk

      Excluir
    4. sim só existem esses dois comunicadores possíveis no brasil inteiro, ou ela ou ele. se manca monilde

      Excluir
    5. 16:24-Você quer chamar quem?
      O Rodrigo Bostantino?-é a tua cara.

      Excluir
  6. Existe no meio artístico muito corporativismo e puxação de saco. Como a Glória Perez é famosa, todos querem puxar o saco dela, falando mal do assassino. Ele fez algo muito errado, mas já pagou pelo crime. Por que não falam do Pimenta Neves?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que há de bom para falar do assassino? Eu, hein. E você acha que seis anos numa prisão com regalias (assista à série!) pagam por 18 punhaladas e uma vida ceifada aos 22 anos de idade? Ainda mais por uma motivação absurda.

      Ah, sim, e volta e meia falam do Pimenta Neves. Ele e sua vítima não eram famosos, então a mídia - e o público - não têm tanto interesse assim no caso. Mas você parece que não consome muito a mídia profissional, pelas asneiras da sua argumentação.

      Excluir
    2. Quem acha que a punição do réu foi pouca (eu inclusive) deve votar em parlamentares dispostos a rever o Código Penal de 1940. Mas perante a lei ele cumpriu sim sua pena e não deve nada a ninguém. Sad but true.

      Excluir
    3. Sem dúvida foi ritual satanico! E o motivo era a raiva de ele estar sumindo da novela acharam que não seriam pegos e ficariam mais ricos e famosos se não fosse o cara que anotou a placa do carro!

      Excluir
  7. É inacreditável ver pessoas amenizando o crime e os assassinos de forma tão burra, leviana, perversa e doente e, além de toda a escrotagem, reduzindo Daniela a uma amante de psicopata, coisa que ELA NUNCA FOI. E desmerecendo Glória Perez, uma mulher digna, forte, comovente, QUE MERECE SER REVERENCIADA, PORQUE LUTAR NUM PAÍS ONDE REINA IMPUNIDADE E CINISMO E ÓDIO NÃO É PARA QUALQUER UMA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a misoginia de hoje e sempre Daniela era mulher linda e independente algo que incomoda muito o horror misógino que está no subconsciente de todo brasileiro.

      Excluir
    2. 08:35-Filha que atua na novela da
      mãe....nepotismo a la Silvio Santos.

      Excluir
  8. E ao que tudo indica, Guilherme tem problemas quanto à orientação sexual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homofobia pura sua.Bandido não
      tem sexo,sabia????

      Excluir
  9. Já que ela quis sumir, acho bom colocar o nome atual dela...
    Aparentemente moradora da Gávea.

    ResponderExcluir
  10. Com Stranger Things a gente teve um vislumbre do que era o pânico satânico nos anos 80. Agora com o o “ressurgimento” do caso da Daniella Perez estamos vendo como isso continua absurdamente atual.

    Cuidado para não cair nessa história gente. Isso é sério e violento, além de causar pânico moral. Não existe pacto com o diabo e não existem cultos satânicos sacrificando pessoas.

    ResponderExcluir