quinta-feira, 30 de junho de 2022

O BRASIL TÁ F*****

Eu cresci durante a ditadura militar, quando até mesmo a palavra "bunda" era considerada obscena e não podia ser dita na TV de jeito nenhum. Sentimos que sopravam ventos de liberdade quando Chico Buarque conseguiu, em 1980, enfiar um "tesão" na canção-tema do filme "Bye Bye Brasil". De lá para cá, muitos palavrões perderam a aura de proibidos. Outro dia vi dois personagens de "Pantanal" comentando que fulana havia sido puta, e ninguém reclamou. Mas agora eu vou reclamar: a campanha pela reeleição de Arthur Lira à Câmara por Alagoas é, sim, obscena. E não só por causa do ignóbil deputado, protagonista de mil maracutaias e avalista do desgoverno Biroliro. O slogan "Arthur Lira é foda" é só mais um sintoma de que não há mais diferença entre a esgotosfera e o resto do Brasil. E depois essa corja ainda tem o acinte de falar em Deus, família e valores tradicionais. Vão tomar no c*, vão?

3 comentários:

  1. Era para ser Arthur Lira é fodido, mas perderam duas letras na hora de digitar...

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Nem comentam mais...era isso mesmo que aquela turma que me ameaçava, queria, percebe o que está em jogo. Mas é cedo, cedo,cedo.

    ResponderExcluir
  3. O ser humano não é perfeito mas temos nosso lado iluminado agora ser governado por cheiradores comedores de puta que levam cocaina pro dia do golpe contra a Dilma na frente das câmeras gente burra atrasada assassina pqp né o Brasil é melhor que isso. É um país maravilhoso!!!!!! Lindíssimo especial merecemos mais

    ResponderExcluir