sexta-feira, 3 de junho de 2022

AO BARULHO DE SUA MAJESTADE

Já fui bem mais monarquista do que eu sou hoje. Sempre gostei da pompa e circunstância, e também da ilusão de estabilidade que um monarca proporciona. Mas escândalos como o do rei Juan Carlos da Espanha - como que um cara cercado pelo luxo também é corrupto? - me fizeram mudar de ideia. A própria série "The Crown", que dramatiza os bastidores da Casa de Windsor, mostrou que são todos mafiosos. Mas ando gostando de ver os festejos pelos 70 anos do reinado de Elizabeth II. Estou no meu sexto papa e no 14o. presidente brasileiro, mas até hoje só vi uma única pessoa no trono britânico. Não por muito tempo mais: aos 96 anos, a rainha finalmente começou a ratear, e hoje não foi à missa em sua homenagem na catedral de St. Paul. Essa festança barulhenta também tem sabor de despedida.

12 comentários:

  1. Os shows de homenagem serão transmitidos pela BBC? Queria ver o do Rod Stewart.

    ResponderExcluir
  2. E será que a monarquia vai sobreviver ao reinado do príncipe Charles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida! Os ingleses não se importam com a monarquia contanto que sua vida continue boa e realmente é muito melhor que a nossa perto do nosso regime semi escravocrata Londres é um paraíso socialista

      Excluir
  3. Como assim despedida ela vai morre?

    ResponderExcluir
  4. Dizem que quando ela morrer todos os países nos quais ela ainda é monarca virarão repúblicas. Inclusive o Canadá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fonte:vozes da sua cabeça....

      Excluir
    2. Sim Canadá e Austrália mas Reino Unido com certeza não! Os ingleses gostam da tradição

      Excluir
    3. 22:03-A rainha(ou o rei)são chefes de
      Estado nestes 2 países.

      Excluir