terça-feira, 10 de maio de 2022

NÃO PAROU MEU CORAÇÃO

Cinco anos atrás, eu me derreti por "Me Chame pelo Meu Nome". Vi a história de Elio e Oliver quatro vezes no cinema, o tipo de coisa que eu não fazia desde a adolescência. Não imaginava que, a essa altura da vida, eu ainda encontraria um filme para a minha proverbial lista da ilha deserta. Tudo isso para dizer que qualquer obra que trate do momento em que alguém se assume homossexual, para o mundo e para si mesmo, sempre contará com a minha simpatia. Só que... "Heartstopper" não me pegou. Eu nem tinha planos de ver a série da Netflix, pois entendi que não era para a minha idade. Mas aí ela começou a fazer sucesso e alguns leitores pediram a minha opinião. Aqui vai ela: não sou mesmo o público-alvo. Não só porque superei faz tempo os draminhas escolares dos personagens, mas também porque os atores são feios que dói. Prontofalei. Sou de uma geração que quer ver gente bonita na tela. Já larguei a série "Young Royals", da Netflix,  porque uma das atrizes tinha a pele ruim... Os garotos de "Heartstopper", então - principalmente o protagonista - me fazem correr para as colinas. Saudades, Timothée.

20 comentários:

  1. Kkkkkkk sinceridade é tudo. Alguém tem que falar verdades mesmo Tony!!! Eu ainda na casa dos meus 20 aninhos também não gostei muito, não só pq o principal é feio, mas achei açucarada demais, de certa forma irreal demais... Séries como Generation e Sex Education bem melhores e infinitamente superiores...

    ResponderExcluir
  2. Rindo alto aqui...Parei de ver pelos mesmos motivos...

    ResponderExcluir
  3. ve as outras temporadas de elite, o Manu Rios é um tzao

    ResponderExcluir
  4. Não comecei a ver e acho que não terei paciência. Poxa, cadê o review de O Palhaço Assassino?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João,o palhaço aparece todo dia
      na TV Jovem Pan.Que gosto ruim
      de filme você tem,hein????

      Excluir
    2. Estou referindo-me ao documentário de 3 episódios na Netflix, que Tony Góes está ignorando solenemente...

      Excluir
    3. Por isso mesmo,João.De palhaço e
      genocida nós temos o nosso.kkkkk

      Excluir
  5. Hahahaha... fico feliz em saber que eu não estou sozinho com essa opinão!!!

    ResponderExcluir
  6. Nossa, não saí do primeiro episodio, dormi no meio...
    Chatinho, prefiro ver o mondo cane da vida gay que ainda não foi abordado em nenhum filme. Drogas, truques, Síndrome de Peter Pan, jogo sujo, traições, falsos casamentos, etc. Aí sim vai me prender. Até aqui tenho pé atrás com obras LGBT que pintam os gays como pessoas fofinhas.

    ResponderExcluir
  7. Oi?! Mundo cão da vida gay que não foi abordado por nenhum filme? Ou vc não tem visto filmes desde da invenção dos irmãos Lumiere ou tem menos de 10 anos de idade! Basicamente o cinema de temática gay só falou de mundo cão por mais de cem anos. E que papo é esse de obras LGBT que pintam gays como pessoas fofas? Se vc não é fofo, meu bem, não generalize. Mundo cao e gente desgraçada tá mais pra esteriótipo de gente que acredita que gay é o demo. Vai assistir um filmes bons, ver se consegue se enxergar de uma maneira mais positiva e tentar ser feliz! Homofobia introjetada se apresenta de várias formas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, falou sobre o amor branco com traços nórdicos né...

      Excluir
  8. Curti a representação dos gays feios adolescentes. Na minha época de adolescente, o pessoal só queria saber de modelões estilo ninfeto Bel Ami.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças a Deus não tinha Instagram quando eu era adolescente...
      Só Orkut...

      Excluir
    2. Agora o ruivinho eu c**ia! Adoro sardas e pelos ruivos.

      Excluir
  9. Sim, o protagonista parece não ter um dente na lateral, depois descobri que o buraco era pq o dente era muito pequeno. Esse falta de dente aliado a uma personalidade boba me fez ter a mesma impressão que vc!!! Estamos velhos kkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Ué, gente! Eu gostei e pronto.

    ResponderExcluir
  11. Oxi o Timothée tão feio quanto eles rs

    ResponderExcluir
  12. O ator é banguelo, ninguém merece.

    ResponderExcluir