quinta-feira, 5 de maio de 2022

MEU CLOSE NA GLENN

Já entrevistei muita gente que eu admiro, e às vezes mando às favas a objetividade jornalística e deixo meu lado fã bajular o entrevistado. Mas hoje eu tremi na base. Minha missão era nada menos do que conversar com minha atriz favorita de todos os tempos, a deusa suprema, a dona da porra toda. Glenn Close. Fiz a barba e até passei um perfuminho, mesmo sabendo que o papo seria por Zoom. Havia até a possibilidade de ela nem aparecer na tela: às vezes essas estrelas têm preguiça de se arrumar, e só o áudio chega até o repórter. Mas Glenn estava lá, toda sorridente, de óculos e cabelinho curto em seu apartamento em Nova York. Foi simpaticíssima, me chamou pelo nome e deu respostas detalhadas a todas as minhas perguntas óbvias, sobre sua participação na segunda temporada de "Teerã", que estreia amanhã no Apple TV+. O resultado está aqui. Antes eu já havia conversado também com a a atriz Niv Sultan, o diretor Daniel Syrkin e a produtora Dana Eden, e é uma pena que nem tudo que eles contaram coube no texto. Ainda estou zonzo, e com aquela ligeira sensação de que não há mais ninguém que me empolgue tanto para eu entrevistar.

15 comentários:

  1. Uhu!!! Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  2. Estranho... sua atriz favorita só é suprema pq ninguém faz vilã como ela, uma espécie de Betty Davis moderna, sei não....

    ResponderExcluir
  3. Vai ver "A Esposa", onde ela não faz uma vilã, e depois a gente conversa. Ou "O Reencontro", "Albert Nobbs", "Era uma Vez um Sonho"... Você não conhece nada da carreira da Glenn. Não tem lugar de fala, hahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 😂😂😂

      Excluir
    2. Nossa, ela tinha que ter ganhado o Oscar por "A Esposa"

      Excluir
  4. Vc falou que ela ésua atriz favorita a muito tempo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Responde por favor, pq nunca sei se pode ou não pode , trabalheira meu artístico e me arrependi de não ter sido mais autêntico.

      Excluir
  5. Parabéns, Tony! Que felicidade poder conversar com quem se admira!

    ResponderExcluir
  6. Tony,lembra da Glenn usando um par de botas
    pretas muito sexy no inicio de "Por Conta do
    Destino"?Uau!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Que honra e privilégio poder entrevistar alguém deste nível. Parabéns, Tony!

    ResponderExcluir
  8. Assistiu Ruptura na apple+?

    ResponderExcluir
  9. Assistiu a série adolescente que está fazendo as bichinhas feias sonharem com seu príncipe encantado padrão?
    Meu Deus! Quando me tornei essa pessoa amarga? Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem contar que o protagonista tem uma falha nos dentes que me fazia revirar por dentro.

      Excluir
    2. Eu vi. Ele parece não ter um dos dentes posteriores.

      Ao mesmo tempo que é legal o romance (e não marginalização/hipersexualização) dos gays, aquela trama central é bem estranha dentro da própria comunidade, pois parece totalmente inverossímil; os personagens coadjuvantes parecem mais críveis. Achei Com Amor, Simon melhor, com aqueles garotos de aparência comum...

      Outra coisa que me chama muito atenção em série gay é pq não se racializa personagens. Pessoas brancas e negras interagindo em total paridade? Sem qq tensão racial? Bridgerton? Color Blind? Mas a realidade é assim? Então homofobia tb é uma fantasia, basta não falar sobre. Estranho... Mas é sessão da tarde gay, né? Problematizar tudo é um porre tb...

      Excluir