quinta-feira, 19 de maio de 2022

LULANJA

Poucas coisas são mais ridículas do que os minions que reclamam da festa de casamento do Lula. Para começar, não foi nenhum evento nababesco: apenas uma recepção para 150 pessoas. Mas, e se fosse, qual o problema? Não foi gasto dinheiro público, e esse papo de que esquerdista tem que comemorar na laje, com cerveja quente e carne de segunda, só revela a má-fé de quem o diz. Pior ainda foram os gatos pingados que passaram na porta do bufê para chamar o ex-presidente de ladrão. Quem apoia miliciano que impõe sigilo de 100 anos sobre os gastos do cartão de crédito não tem lugar de fala para chamar quem quer que seja de desonesto. No mais, a seletíssima lista de convidados reuniu um mix inteligente de políticos e celebridades, perfeito para abrilhantar os sites de fofocas. Deu para perceber que houve um pensamento de marketing por trás. Que Lula e Janja sejam muito felizes, e que esta seja apenas uma das muitas chances de recomeçar que o destino está dando a ele.

8 comentários:

  1. A festa nem foi lá grande coisa. Uma vez na política, sempre nela Ninguém mais larga o osso. É sempre um cargo, uma secretaria, uma nomeação, um comitê, uma verba. Isso sem contar as vantagens diretas e indiretas. Isso sem contar as propinas . Ninguém nunca sai mais pobre do que entrou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a revolta toda é ficar fora dessa ciranda né revoltada. Seja honesta amiga.
      G-

      Excluir
    2. Toninho,não teve marketing nenhum.
      Os convidados que foram neste
      casamento são amigos/aliados do Lula
      de verdade.O resto é inveja de tucano,
      uma espécie em extinção e do Zé Neto.
      kkkkkkkkk

      Excluir
  2. Quase chorei com as fotos...
    Sempre me emociono muito com o Lula. A história dele. A transformação que o Brasil teve...
    Devo muito ao Lula.
    Que anos maravilhosos foram os anos 20000...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Havemos de voltar, amigo.
      G-

      Excluir
    2. O Mio Babbino Caro
      Como ficamos leve quando enxergamos as coisas como de fato são.

      Excluir
  3. Morar em uma casa de 700 metros e criticar a classe média que carrega o país nas costas... tipico do demagogo que ele é, e antes que venham falar bobagens, eu não voto em Bolsonaro .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No dia em que festa para 150 pessoas for sinal de riqueza, é porque o país está abaixo da merda.

      Excluir