terça-feira, 26 de abril de 2022

JE SUIS TOUTES LES DRAGS

Já existiam drag queens muito antes de Dalida se lançar como cantora, no final dos anos 50. Naquela época elas eram chamadas aqui no Brasil de bonecas, transformistas ou travestis, no masculino mesmo. E não eram caricatas como muitas de hoje em dia: buscavam na verdade, reproduzir uma mulher idealizada e glamurosa que vinha sendo ultrapassada pelos movimentos feministas. Vai ver que foram elas que influenciaram a linguagem corporal de Dalida, que tinha a maior cara e jeito de drag quando pisava num palco. Basta conferir o vídeo acima, lançado esta semana a partir de uma complicação de números diferentes da diva. Dalida, por sua vez, influenciou Rogéria, que dublava o hit "Je Suis Toutes les Femmes". Mas, verdade seja dita, sem metade da viadagem explícita que a deusa ítalo-egípcia esbanjava em cena.

Um comentário:

  1. O Mio Babbino Caro
    Tem certeza que não é na Blue Space rs

    ResponderExcluir