quarta-feira, 30 de março de 2022

FARTÃO DOS CRETINOS

Num primeiro momento, eu apoiei 100% o Will Smith. Achei bem feito um escrotinho feito o Chris Rock levar um tabefe em pleno Oscar. Não se faz piada com a doença alheia. Acreditei até que a carreira desse comediante de quem eu nunca gostei estaria comprometida. Fantasia minha: os ingressos para o próximo show de Rock já se esgotaram, e foi Smith quem se tornou o saco de pancadas da humanidade. OK, "violência nunca é a resposta" (há controvérsias), mas não é que o maluco no pedaço tenha sacado um revólver e disparado. Foi um tapa de mão espalmada, mais humilhante do que doído. Mas, OK de novo, seria melhor Smith retrucar verbalmente, talvez no discurso de agradecimento pelo Oscar que ele fatalmente faria alguns minutos depois. A piada em si, que ao vivo passou batida pra mim, nem é das mais ofensivas: Rock falou que Jada Pinkett-Smith estava pronta pra filmar "G. I. Jane 2", o que pode ser encarado até como um elogio (e as câmeras provam que Smith riu neste momento). Mas foi a gota d'água. Há tempos que o odiado Chris inclui o casal entre seus alvos. Acho que minha simpatia inicial por Will Smith, compartilhada com muita gente, reflete o fartão generalizado que estamos sentindo dos palermas. Ninguém aguenta mais esses babacas falando merda como se fossem pérolas de sabedoria, machucando a torto e a direito e não sofrendo nenhuma consequência por causa da liberdade de expressão. Aqui no Brasil, isto ficou patente com a reação às cretinices de Monark, Adrilles e Mamãe Falei. A conta finalmente chegou, eles que paguem o preço.

28 comentários:

  1. Tony um amigo meu se casou recentemente de uma maneira parecida com vc (foi em 2 meses e não no dia haha)... mas a dificuldade é falar com a família que está casado com um rapaz. Como sua família e a do Oscar reagiram? Vc jantava na casa do Oscar Senior e sua mãe passa Natal com vocês. Conta aí pra eu dar dicas pro meu amigo kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dica e ter uma família que ama e aceita o seu filho ou filha como ele ou ela é. Que eu saiba este é o caso do Tony.

      Excluir
    2. A família sabe dele mas é algo que "todos te amam e sabem mas não vamos falar sobre"

      Excluir
    3. A minha família?? Não, de jeito nenhum. Meu marido e eu somos parte ativa dela, nos almoços de domingo, Natais e etcetera.

      Quem não tocava no assunto era meu falecido pai. Mas ele recebia o meu marido e sempre perguntava por ele.

      Tivemos um problema com meu sogro, logo no começo do nosso casamento. Ele reagiu mal e meu marido ficou dois anos sem falar com o pai. Depois fizeram as pazes. Meu sogro sempre me tratou bem, até o final da vida.

      Excluir
    4. Eu acho que alguns pais (mais antigos) não vai ser a coisa mais 100% e sensata. Respeitando, amando e aceitando como filho (sexualidade não é pra ser aceita assim como cor de cabelo) pra mim já é 100%.
      Fico feliz que sua mãe seja de boa Tony e que o Oscar sênior depois tenha ficado tranquilo.

      Excluir
    5. Nada que o tempo não resolva

      Excluir
    6. E como foi essa reconciliação? Meu namorado tá no processo com o avô

      Excluir
    7. Meu marido deu um gelo no pai. De DOIS ANOS. O véio voltou pianinho…

      Excluir
    8. Sua mamis depois do "desmaio" de quando vc contou aos 22 anos, foi lidando melhor?

      Excluir
  2. Tony, quem te viu e quem the ve. Vc sempre grande defensor do humor e agora se colocando no lugar da vítima do humor. Fiquei feliz de ver a rua reação. Faz milênios um amigo me ofendeu com uma piada sem graça quando me viu de cabelo curto e crespo e disse que eu deveria ser a empregada e não eu mesma. Não gostei mas tive que ouvir que ao me ofender, o problema do meu cabelo era meu e não dele. Enfim, a mulher negra sempre e vítima de piadas a respeito do seu cabelo e nunca ninguém vem defender. Piadas deste gênero ofendem e não devem ser aceitas pelo público em geral. No caso do Will Smith, foi pena ele ter recorrido à violência física mas foi demais ele ter protegido a esposa. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué,porque o Tony tirou a montagem
      do Will Smith tapando o Mijair???
      Estranho....

      Excluir
    2. A mulher dele precisa de proteção?

      Excluir
    3. Olha, anônima das 18h12, eu acho que o limite último do humor é a graça. Se a coisa faz rir, tá valendo. Mas já faz uns 10 anos que eu não gosto de piada com gente indefesa, oprimida ou portadora de deficiência física. O humor é uma arma, e essa arma deve sempre ser usada contra quem oprime.

      Excluir
  3. Porque trocou a ilustração? Achei a montagem com a cara do Bozo tão boa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque já tinha postado aquele meme no Facebook, no Twitter e no Instagram. Percebi que estaria repetindo a imagem quando publicasse links para esta postagem.

      Excluir
  4. Acho que cabe bem a frase de Terry Pratchett sobre o assunto que reavivaram nesses dias: "Sátira serve pra ridicularizar o poder. Se você está rindo de quem sofre, não é sátira, é bullying". Simplesmente perfeita.

    ResponderExcluir
  5. O Chris foi errado em fazer a piada e o Will em reagir com violência no meio de um evento transmitido ao vivo (podia ter pego o cara na saída, pelo menos).

    ResponderExcluir
  6. "mas não é que o maluco no pedaço tenha sacado um revólver e disparado."
    Isso porque não ele estava armado, se estivesse, talvez o Oscar teria transmitido não um tapa, mas sim um homicídio.

    ResponderExcluir
  7. A piada foi inofensiva e o tal "histórico de perseguição" é tão bobo quanto. O próprio Will Smith já fez esse tipo de piada várias vezes. Calvície agora está sendo tratada como a doença mais grave do mundo, haja frescura! O Chris Rock deveria ter se recomposto e repetido a piada sem tirar o nome da Jada da "fuckin' mouth" dele. Queria ver o que o Will iria fazer. Ia partir pro soco ou ia dar chilique?

    ResponderExcluir
  8. Tony, não dá para achar bem feito alguém levar um tapa por ter falado uma coisa. Eu acho plenamente possível o Chris Rock nao saber da doença. Mas ainda que soubesse - ele estava lá para fazer piada com os atores, Will Smith poderia ter revidado verbalmente, a agressão como primeira opção não é justificada, além do mau exemplo gravado para o mundo. Tocou fundo a piada sobre a doença, mas para os mulçumanos também toca fundo o desenho do profeta e aí temos Charlie Abdo. É perigoso tratar tudo igual. Will Smith perdeu o controle, é humano, acho que até deve estar precisando de alguma ajuda. Dá para reconhecer o lado humano e condenar a reação na forma em que foi feita.

    ResponderExcluir
  9. Poxa Tony, você também defendendo o Will Smith nessa? A piada foi idiota (nem achei tão ofensiva assim), mas nada justifica essa agressão! O Will Smith poderia ter reagido de tantas outras formas mais eficientes e maduras e saído aclamado dos Oscar, sem ter estragado a festa, pq isso eclipsou a vitória de todos os demais. É um precedente tão perigoso tentar relativizar esse tipo de agressão! Fico chocado de ver tanta gente boa aplaudindo isso, esse país tá doente mesmo...

    ResponderExcluir
  10. Bitch, please!
    Alopecia não é câncer.
    A última piado do CR com a Jada foi em 2016 quando essa boicotou o Oscar daquele ano.
    Desde a nomeação para o Oscar deste ano, a familia Will Smith não para de dividir as maiores intimidades do casal e de suas vidas particulares. A própria Jada já riu do fato de estar ficando careca, e outro dia compartilhou um exame de colonoscopia em seu canal do youtube.
    Artistas sabem que serao alvo de piadas durante a cerimônia... lidem com isso, mas não normalizem a violência.. há que não ache piada em certos "estilos de vida"... e isso nós sabemos como acaba.

    ResponderExcluir
  11. 18:49-O tal Will ganhou o Oscar por um
    filme piegas-conseguiu ser pior que o
    Green Book.E ele ainda fica "nervosinho".
    kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  12. violencia nunca é a solucao, e se a mesma estivesse tao incomodada pq nao foi de peruca,artistas como lady gaga, byeonce, madonna ( todas usam) e a mulher do will nao estava delibitada, estava toda linda, achei um pouco over o will smint ter feito o que fez, e os creiços e creiças do brasil defendendo, é terceiro mundo que fala...

    ResponderExcluir
  13. Não, Tony. Não dá para comparar Chris Rock ( que dirigiu um documentário fantástico sobre as mulheres negras e seus cabelos com muita sensibilidade) e os escrotos que temos visto aos montes. Jada tem alopecia. Certo. Mas fez a opção de assumir e mostrar-se careca num mundo em 90% das mulheres usam laces, apliques, mega e o diabo.
    E quem garante que o Chris sabia da alopecia? Nem todo mundo passa o dia chafurdando a vida alheia. Quer dizer que quem achar seus comentários agressivos deve bater em você? Não, Tony. Will agiu na emoção, ele sabe disso. Sabemos disso.Mas não dá.

    ResponderExcluir