sábado, 12 de março de 2022

A MATURIDADE É VERMELHA

Quando certa manhã Meilin Lee acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseada em um enorme panda vermelho. Trata-se de uma maldição: ao chegar à puberdade, todas as mulheres de sua família viram pandas, sempre que sentem emoções intensas como raiva ou... desejo sexual. Sim, "Red - Crescer É uma Fera" talvez seja o primeiro desenho animado da Disney em que a protagonista é dominada pelo tesão. A vermelhidão do panda também é uma metáfora óbvia para a menstruação, e o sinal de que finalmente chegou a hora de uma garota desobedecer aos pais. O que não é nada fácil se você é de origem chinesa, mesmo vivendo na Toronto cosmopolita de 2002. A ambientação 20 anos atrás serve para que Meilin e suas amigas não vivam grudadas nas redes sociais, e também é um reflexo da vida da diretora sino-canadense Domee Shi, que ganhou um Oscar pelo curta "Bao" e tinha a mesma idade de sua personagem - 13 anos - naquela época. "Red" critica o tradicionalismo da cultura chinesa sem jamais faltar ao respeito, e também ri das mudanças bruscas da adolescência como só um time formado majoritariamente por mulheres conseguiria fazer. Ainda passa uma mensagem de empoderamento sem precisar de palestrinha, e é uma festa para olhos e ouvidos. Mas, apesar de classificado como livre, não é indicado para crianças muito pequenas. Não sei nem se a minha neta de oito anos já está preparada para ver.

5 comentários:

  1. Só falta Sr. Goes, o senhor disser que a menina lhe chama de "vovó"!!!

    ResponderExcluir
  2. 22:25 É uma delícia!
    G-

    ResponderExcluir
  3. Me senti com 13 anos all over again kkkkkk.
    Já quero assistir!

    ResponderExcluir
  4. Tony só vc ainda gosta de ir no cinema pelo menos no Brasil não dá! Fui no reserva cultural e ECA cadeiras desconfortáveis! Barulho do teatro do lado e qualidade do som de radinho de pilha e ainda sai pra comprar uma água funcionária me para como se alguém tivesse interessado em furar fila de cinema vazio. Nunca mais!

    ResponderExcluir