domingo, 20 de fevereiro de 2022

TRÊS FILMINHOS PARA O OSCAR

Durante décadas a fio, a categoria de melhor documentário em curta-metragem do Oscar era a mais inacessível de todas. Os filmes não eram exibidos sequer nos Estados Unidos, que dirá no Brasil. Aí chegou o streaming e tudo mudou. Este ano temos três indicados dando sopa na Netflix. Nenhum me pareceu muito interessante, mas eu vi todos porque não bato bem.  Um deles, "Audible", conta a história de um jovem jogador de futebol americano de uma escola de surdos. O time perde sua primeira partida depois de 42 vitórias consecutivas e todo mundo entra em crise. Para piorar, o melhor amigo do protagonista se enforcou com apenas 16 anos, e ele ainda não superou o luto.  O melhor do filme acaba sendo a edição de som, que traz vários momentos de silêncio.
"Três Canções para Benazir" está mais para matéria do "Fantástico" do que cinema. Um rapaz que vive num campo de refugiados em Cabul sonha em ser o primeiro de sua tribo a se alistar no mal-ajambrado exército do Afeganistão. Mas o coitado é analfabeto, e os líderes da sua aldeia se recusam a preencher para ele a papelada necessária. A Benazir do título é a mulher do cara, para quem ele vive cantando. Este foi o curta de que eu menos gostei, mas, segundo os sites especializados, é o favorito ao prêmio. Suspiro.
O melhor para mim é "Onde Eu Moro", que aborda um tema urgente porém não muito original: o drama dos sem-teto. Codirigido por Pedro Kos, o único brasileiro que concorre a um Oscar este ano, o filme entrelaça histórias de moradores de rua de Los Angeles, São Francisco e Seattle. A mais angustiante é a de uma mulher que foi estuprada pelo ex-marido, engravidou e ainda foi para o olho da rua com mais dois outros filhos pequenos. Dá para argumentar que a situação no Brasil é ainda mais grave, e há tanto tempo que eu me sinto quase anestesiado. Mas nada como reavivar a indignação com um um filme realmente bom.

Um comentário:

  1. O Mio Babbino Caro
    Quanto drama que eu chego a perguntar... Será a vida um drama?

    ResponderExcluir