sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

EUROVEXAME

Em 2009, a Geórgia foi desclassificada do Eurovision antes mesmo do festival começar. O pequeno país do Cáucaso inscreveu uma música chamada "We Don't Wanna Put In", o que não faz muito sentido em inglês mas é um protesto ao autocrata russo. Menos de um ano antes, a Geórgia foi invadida pela Rússia porque queria entrar para a OTAN, e perdeu um naco de seu território, transformado em "repúblicas" independentes. Ou seja: eles tinham todas as razões para reclamar de Vladimir Putin. Mas a organização do Eurovision, que se vende como um evento apolítico, não quis nem saber. A Geórgia rodou e a Rússia ficou.

Ontem o Eurovision chocou meio mundo ao anunciar que, apesar da invasão da Ucrânia e das centenas de mortos até o momento, a Rússia poderia participar da próxima edição do festival, que acontece em maio na Itália. Mais uma vez, alegou que não se mete em política. Pegou mal pra caralho. Suécia e Finlândia avisaram que não competiriam mais, e outros países foram pressionados a aderir ao boicote. Hoje o Eurovision finalmente cedeu, escapando assim de um vexame histórico. A Rússia, que nem havia ainda escolhido seu representante, está banida este ano. Deveria ser banida para sempre. Não faz sentido um dos países mais homofóbicos do mundo competir na celebração mais viada do planeta.

E vamos dar uma força para a Ucrânia? "Stefania", da Kalush Orchestra, é a candidata do país este ano, e uma curiosa mistura de rap com folclore. Não é nenhuma maravilha, mas, por mim, já levou douze points.

8 comentários:

  1. Agora sim a terceira guerra explode!

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Rindo alto com "celebração mais viada do Planeta"…isto posto.

    Ninguém se importa com o Iêmen sendo fustigado com 'Operacao militar de larga escala'.
    (É tudo uma questão de conhecer o lugar. Quanto tem, quanto vem. E a minha parte quanto dá. Porque...)
    R

    ResponderExcluir
  3. Poxa, o que o coitado do cantor Russo tem a ver com as ações do Putin? Seria tipo proibir o Brasil de disputar a Copa do Mundo por causa de alguma ação do Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  4. Aiai eu acho que músicos e atletas não deviam pagar pelos generais tenho um amigo gay que mora em moscou ele adora a cidade o povo gente boa e vive lá com o namorado sem problema desconfio que os gays sofram muito mais no Brasil! Essa guerra ia acontecer eventualmente nunca que a Rússia ia deixar o Ucrânia entrar pra Europa culpa dos 2 países que ao invés de se entender diplomaticamente partem pro pau

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus. Aprenda escrever primeiro, com pontuação correta, antes de dizer sandices. Rússia é ainda mais homofóbica que o Brasil. Se teu amigo vive em uma bolha classe média de aceitação, legal pra ele, mas devemos ser empáticos e pensar além do próprio umbigo.

      Excluir