sábado, 22 de janeiro de 2022

VERDE É A COR DO MISTÉRIO

Pelo trailer, "A Lenda do Cavaleiro Verde" parece uma divertida fantasia medieval, com cenas de luta e monstros fantásticos. O filme de David Lowery tem mesmo tudo isso, mas na verdade é quase um poema tonal. Uma viagem lisérgica. Um ritual de iniciação. Não faltam símbolos misteriosos, e os psicanalistas vão passar horas tentando decifrar o significado da raposa que acompanha o protagonista. O roteiro é baseado num épico medieval, "Sir Gawain e o Cavaleiro Verde", que faz parte do ciclo de lendas da corte do rei Artur. No filme, Gawain ainda não é sir: é só o jovem sobrinho do rei (que não tem nome), louco para provar seu valor e ser sagrado cavaleiro. Por isto, quando o misterioso Cavaleiro Verde irrompe em plena festa de Natal, o rapaz é o único que se dispõe a lutar com o monstro - meio que uma árvore petrificada que anda e fala. A proposta é simples: o ferimento que a criatura receber será retribuído dali a exatamente um ano. Se for só um arranhão, o agressor também será arranhado. Só que Gawain comete a imprudência de cortar a cabeça do Cavaleiro Verde, que sai com ela nas mãos como se nada. Um ano depois, o moçoilo inicia sua jornada rumo à Capela Verde, onde terá um novo encontro com seu adversário. A viagem é marcada por incidentes curiosos: Gawain é assaltado, cruza com um grupo de gigantas, recupera a cabeça submersa de Santa Winifred. Também tem diversas oportunidades de provar sua honra e seu valor, e falha em todas. Até que ele finalmente comparece ao seu compromisso, e o desfecho é tão enigmático quanto o que veio antes. Só posso dizer que me lembrou "A Última Tentação de Cristo". "A Lenda do Cavaleiro Verde" está disponível na Amazon Prime Video e com certeza irá desapontar quem espera por uma aventura à la Sessão da Tarde. Porque é um filme-cabeça, com ritmo lento, imagens deslumbrantes e uma trilha sonora que é quase um personagem, de tão presente. Parece um sonho, com muitas camadas e interpretações possíveis. Talvez fique melhor se acompanhado por um charo.

7 comentários:

  1. Ainda bem que eu vi o filme antes de ler a sua resenha entregando a trama INTEIRA.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo 14.41 para de ser chato! Adoro
    Ler as resenhas do menino tony... ele faz com que eu preste atenção em
    Coisas que passariam batido. Charo é cigarro de maconha?

    ResponderExcluir
  3. Anônimo vc é um babaca, senti uma mágoa de cabloca em vc.

    ResponderExcluir
  4. Tb acho que as vzs tony entrega demais de alguns filmes. Mas adoro suas dicas ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim funciona ao contrário, fico mais interessado.

      Excluir
  5. Tony vc viu toy boy? É um novelão mas curti pelos boy rsrs agora vai ter a segunda temporada opa!

    ResponderExcluir