quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

MAL DAS PERNAS

Nem todo candidato a uma indicação ao Oscar de melhor filme internacional é bom. Um exemplo disso é o representante de Hong Kong, "Retrato de um Campeão", disponível na Netflix. Trata-se de um drama ambientado no mundo dos esportes, ou seja: a gente já sabe o que vai acontecer. O jovem atleta superará mil dificuldades, talvez com a ajuda de um parente e/ou técnico, e acumulará vitórias. A novidade aqui é que o protagonista é um paratleta: o corredor So Wa Wai, que tem paralisia cerebral e mesmo assim ganhou inúmeras medalhas. Mas não importa se a história é manjada. O que torna um filme realmente bom é a maneira como essa história é contada, e é nisto que "Retrato de um Campeão" tropeça e se esborracha no chão. A direção burocrática de Jimmy Wan abusa da câmera lenta, dos closes em lágrimas e, principalmente, da música óbvia e melosa. Nem a presença da atriz Sandra Ng, popularíssima na China, evita que esta bomba seja tão apelativa como os casos de superação mostrados na Hora do Faro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário