segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

NA CARNE DOS OUTROS NÃO DÓI

Imagine uma instituição como a Fiocruz, na linha de frente do combate à pandemia, ter 11 milhões cortados de seu orçamento neste momento delicado. Biroliro ainda limou verbas da educação, do INSS, da saúde, do saneamento, das comunidades indígenas, dos quilombos. E o Paulo Guedes ainda achou pouco. Como que a Faria Lima ainda apoia o pior ministro da Economia que esse país já teve? Achou que, por Guedes ter enriquecido no mercado financeiro, também enriqueceria o Brasil? O sujeito não tem um pingo de consciência social. Mas, voltando aos cortes: adivinha o que sobrou incólume? Foi o fundo eleitoral de quase cinco bilhões, que vai ajudar a reeleger os bandidos do Centrão. E ainda tem minion que acredita em "nova política".

5 comentários:

  1. Eu concordo com você.
    E acho que isso reflete muito o comportamento dos ricos brasileiros.
    Pq não tem Faria Lima fazendo vaquinha para cobrir o rombo dos 11 milhões? Doando para pesquisas nas universidades? Doando para hospitais públicos? Doando para os museus?

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Desse Governo diferente disso seria o mesmo que esperar pé abóbora dar melão.

    ResponderExcluir
  3. "Não tenho medo do que virá após Dilma"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha nem eu esperava que fosse chegar a tanto! Assim mas dessa elite que temos aqui esperar o apocalipse é pouco! Contando os dias pra dar Adeus ao país.

      Excluir
  4. Vc é um cara que defende FHC o filho da puta que começou com essa palhaçada! Os detalhes do governo FHC são tão sombrios que nem cabe aqui. O Guedes é um filhote dessa escola que já vimos ser um desastre total por isso tanta gente sente falta do regime militar eu até entendo

    ResponderExcluir