quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

FURDUNÇO NA VIZINHANÇA

Sou suspeito para falar da Sylvia Colombo. Além de ser uma das minhas melhores amigas, também foi ela quem me levou para escrever na Folha, em 2009. Sylvia mora em Buenos Aires há alguns anos e é a correspondente do jornal na América Latina. Está sempre viajando pelos países da região, cobrindo eleições e tumultos em geral. Tamanha quilometragem gerou um livro imprescindível: "O Ano da Cólera", que cobre o período entre 2020 e 2021 no Chile, na Bolívia, na Venezuela, na Argentina e no Uruguai. Na verdade, cobre muito mais: cada um dos capítulos dedicados a esses cinco países traz um levantamento histórico, às vezes remontando ao século 19, para explicar o que está rolando no presente. Eu sou leitor assíduo das matérias da Sylvia na Folha, e mesmo assim me surpreendi com seu estilo fluido, claro e objetivo. Ela usa seus talentos como jornalista e historiadora para compor um painel abrangente dos nossos vizinhos, acessível até para um leigo absoluto no assunto. Perfeito para entender as particularidades de cada nação, e também os pontos em comum que elas têm entre si e com o Brasil.

2 comentários:

  1. quando o senhorito terminar quero post sobre as considerações finais haha

    ResponderExcluir
  2. Vou mandar um de presente para o Ernesto. Ele precisa muito ler livros de qualidade.

    ResponderExcluir