domingo, 14 de novembro de 2021

MACHO DESCONSTRUÍDO

Não sou grande fã do Tiago Iorc. Até fui à gravação do Acústico MTV dele, dois anos atrás, mas não saí muito empolgado. Minha primeira reação ao clipe de "Masculinidade" tampouco foi das mais entusiasmadas. Não é bem uma música: é um longo discurso com um fundinho musical, algo que Caetano já fez antes e melhor. Mas vi e ouvi mais de novo, e fui apreciando mais a cada vez. É importante que, no Brasil tenebroso de 2021, alguém com a penetração de Tiago entre a garotada venha com uma letra como esta. Sempre foi raro alguém cantar a dor de ser homem; em tom de autocrítica, então, nem me lembro. O clipe também é ousado, apesar de Ney Matogrosso também já ter feito tudo antes e melhor. Não faz mal. Os comentários no YouTube são animadores. "Masculinidade" é mais um sinal de que estamos mudando.

31 comentários:

  1. Hummm, mas da rola dele vc gostou de primeira, seu fanfarrão, que eu me lembro! Rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Ah, que fofo. O novo macho se expressando..Não pega ônibus lotado, não toma bronca de chefe, não conta piada escrota, nao liga pra futebol,não tem vergonha de chorar em público, recicla o lixo, é vegano, não dirige e tem uma saia no guarda-roupa. É o arauto de uma nova era.

    ResponderExcluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Vamo de Rap caidinho mesmo.

    ResponderExcluir
  4. A intenção da canção é boa, mas a execução...

    ResponderExcluir
  5. Que desconstrução um cara totalmente padrão faz? Todo malhado, abdômen tanquinho...
    Desconstrução? Pra mim isso é reafirmação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué ele tem que se tornar feio ou gordo pra ser fora do padrão? kkkkkkkkk ó as ideia

      Excluir
    2. Acho que a bichinha não fez curso de português na escola...
      Que desconstrução alguém padrão faz? Grandes bostas

      Excluir
  6. Também já pintei a unha pra comer mulher kkkkkk

    ResponderExcluir
  7. A que papel as pessoas se prestam, meu deus... Que vergonha. Parece que eu estava assistindo àquele programa Amor & Sexo ou a esse quadro recente do Fantástico. Ele até pode ter essa visão desconstruída do que é ser homem, mas a exibiu da forma mais forçada e patética possível, abusando do didatismo, sem nenhuma sutileza ou espaço pra interpretações. É o chamado pavoneamento de virtudes, coisa que muita gente hoje em dia adora fazer, mesmo que na intimidade seja um fdp.

    ResponderExcluir
  8. A dor do homem. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Engraçado, foi essa masculinidade que de um computador para você falar suas baboseiras, foi essa masculinidade que deu eletricidade, seu carro, foram homens que construíram sua casa. Foram homens que coletam seu lixo. Foram essa masculinidade que lutou contra os nazistas. No final é o homem que tem lutar nas guerras porque as empoderadas e que falam que não precisam de homem fogem e dizem que são indefesas quando o bicho pega. Bom mesmo é ser um bosta sensível e inútil como esse Thiago com suas músicas metidas a artísticas de merda. Mas é isso progressistas de merda continuem demonizando a masculinidade depois não venham chorar quando os homens desistirem dessa merda de sociedade e cuidarem de si mesmos. Já está acontecendo com o crescimento dos movimentos mgtown.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiguinho, gênero não é a mesma coisa que sexo. Beijos.

      Excluir
    2. Os homens morrem mais cedo em comparação às mulheres. Fazem os piores trabalhos, os mais perigosos, os mais insalubres. Combatem nas guerras, são a grande maioria dos encarcerados. As mulheres sofrem com violência, feminicídio, jornada dupla de trabalho, abandono na maternidade. Ambos estão perdidos, ambos têm problemas e não são ouvidos. Um cantor inexpressivo como esse, que eu nunca escutei uma música na vida, é só uma Sandy de cabelo raspado, sensível e sem graça. Não representa muita coisa, faz pouco sucesso, fala para uma turminha.

      Excluir
    3. Homem não é estuprado no ônibus a caminho do trabalho

      Excluir
  9. Embora sejam necessários, neste momento tenebroso do Brasil, artistas que trazem uma fala contrária à misoginia, homofobia, gerontofobia, aporofobia, heterossexualidade déspota, masculinidade viciada, narcisista...enfim...tudo o que a sarjeta bolsonarista só evidencia,mas sempre esteve entre nós, há uma indagação:
    Quais vocações, talentos, qualidades, carismas reais,inventidades etc. sobreviveriam se não fosse a possibilidade de se manter em evidência usando estas pautas como construção de imagem, marketing?
    Que artista você é para além do "discurso do momento", da " imagem do momento"? Isto é maior do que aquilo que você, realmente, entrega como ARTISTA, CRIADOR? Ou é uma estratégia simpática (e necessária) que corre o risco de se diluir? O que o artista, nesta modernidade fluida, consegue entregar? Fora a manutenção que isto exige...pautar a carreira assim... Não sei.

    ResponderExcluir
  10. É esse o filho do Fábio Júnior que chorou no Big Brother?

    ResponderExcluir
  11. Realidade, tá todo mundo zuando ele por já ser piada esses homens de esquerda que ficam pedindo desculpa por ser homem pra comer mulher
    Isso aí é Queerbait, mas saiu pela culatra pq tá todo mundo zuando ele, no Twitter principalmente

    https://twitter.com/pedrocertezas/status/1459939002006622210?t=y1fLih3tEKjG4U9lPXolXw&s=19

    ResponderExcluir
  12. Quando vão falar da feminilidade tóxica também. Oh espere só homem mau.

    ResponderExcluir
  13. De onde eu venho, chamamos isso de "Masculinidade Clássica."

    ResponderExcluir
  14. Essa é a sociedade feminista e hipócrita, onde mulheres são santas e homens são demônios, independente do que façam!

    ResponderExcluir
  15. "Masculinidade tóxica" é um conceito idiota.
    Masculinidade é um abstrato masculino. M

    Masculinidade é um conjunto masculino de idiossincrasias que você não pode aprender na frente de uma tela de computador; É sobre como você se comporta como um homem. As mulheres não podem e não entendem porque não vivem isso diariamente. Pelo que li sobre masculinidade "tóxica", ninguém parece entender como as características associadas à "masculinidade tóxica" são realmente benéficas. Minha opinião é que as pessoas que reclamam da masculinidade tóxica são eles próprios homens fracos ou mulheres que pensam que isso vai contra seus interesses e nenhum deles entende o que a masculinidade realmente é.

    As coisas que vejo listadas como "Tóxicas" são características como agressão, excesso de confiança, ocultação da vulnerabilidade e valorização da competição em vez da cooperação, para citar alguns. Se você acha que essas características são um problema, você não entende como usá-las como ferramentas e se sente ameaçado por elas. É auto-suficiente é benéfico quando usado corretamente. Sem essas características, você fica com homens fracos, dóceis e agradáveis ​​que terão dificuldade em competir com outras pessoas no mundo real, e a maioria dos homens sabe disso.

    ResponderExcluir
  16. Nunca é do seu interesse como homem mostrar fragilidade. Esta geração esqueceu que este é um mundo cão come cão. Era assim antes de você nascer, e será assim por eras depois que você morrer. Repito: não há vantagem em ser frágil como homem.

    ResponderExcluir
  17. As mulheres encorajam a masculinidade tóxica ao gostar de sair com homens violentos, bad boys e criminosos e depois reclamam.

    ResponderExcluir
  18. Sempre que um macho beta ou um feminazi vê um HOMEM que é capaz de carregar e proteger a si mesmo e aqueles ao seu redor “MASCULINIDADE TÓXICA!

    ResponderExcluir
  19. Teoria da masculinidade tóxica é um monte de besteira feminista.
    Eles chamam de "características tóxicas" nos homens como Masculinidade Tóxica.

    Também para elas, as características tóxicas nas mulheres é a misoginia internalizada e é o resultado da masculinidade tóxica.

    E, portanto, é uma falha dos homens. Essa teoria feminista infantiliza as mulheres, dizendo que elas são incapazes de sofrer toxicidade por causa de si mesmas.

    ResponderExcluir
  20. Isso é besteira, é um traço biológico, não comportamental. Isso seria como dizer "você tem excesso de altura tóxico ou destro tóxico.

    Fica ainda mais evidente quando você percebe que nunca atribuem esses mesmos traços nas mulheres à feminilidade tóxica e vão chamá-lo de misógino por sugerir que existem traços negativos intrínsecos a ser mulher.

    ResponderExcluir
  21. Essa merda de "masculinidade tóxica" precisa acabar.
    No sentido de que eu escolher não fazer manicures/pedicures ou esfoliar não é um indicativo de que eu me sinta desconfortável com minha sexualidade ou sou hiper-machista.

    ResponderExcluir
  22. A sociedade misândrica em todos os lugares atualmente e seu objetivo é generalizar todos os homens com difamações e mentiras, com o objetivo de incitar uma repressão a todos os homens em nossa cultura.

    ResponderExcluir