sábado, 20 de novembro de 2021

ANTES DA EXPLOSÃO

Parece que Jonathan Larson sabia que tinha pouco tempo. Prestes a completar 30 anos e AINDA sem ter feito seu próprio musical na Boradway (Stephen Sondheim fez o dele aos 27), o futuro autor de "Rent" deu para escutar uma bomba-relógio. A cada segundo, a explosão estava mais próxima. Larson então escreveu um show autobiográfico chamado "tick, tick... BOOM!", onde cantava as agruras de ser um compositor talentoso preso a um emprego numa lanchonete. Esse show temcenas recriadas no filme do mesmo nome, que acaba de estrear na Netflix. É a estreia na direção do multi-talentoso Lin-Manuel Miranda, criador de "In the Heights" e "Hamilton". Também é a oportunidade para o ex-Homem-Aranha Andrew Garfield mostrar que sabe cantar e dançar (vem uma indicação ao Oscar por aí). "tico, tico... BOOM!" é um jorro de energia e um hino de amor ao teatro musical. Apreciadores do gênero irão se deleitar. Mas não vá esperando nenhuma música de "Rent".  A história acaba antes de entrar em cartaz o espetáculo que mudou a história da Broadway. Mas imagens de arquivo e letreiros contam o que aconteceu: Larson morreu de aneurisma no dia da pré-estreia, aos 36 anos. O coração dele explodiu.

10 comentários:

  1. Ele morreu de "Dissecção da aorta" e não de "Aneurisma da aorta".

    Dias antes da morte dele, quando as dores no peito começaram, levaram ele no hospital achando que ele estava tendo um aneurisma. Fizeram exames para achar o aneurisma e não encontraram nada. Com isso, concluíram que era só stress e o mandaram de volta para casa.

    Assim, a Dissecção, que têm somente 10% de taxa de mortalidade quando detectada, acabou o matando.

    No fundo quem o matou foi um diagnóstico médico mal feito.

    ResponderExcluir
  2. Pq Rent mudou a historia da Broadway? Me conte mais..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muuuuuuito a ver com o inicio da Aids....

      Excluir
  3. Assim como o Tony sinto prazer em ver
    musicais da Broadway-principalmente
    quando tem mulheres lindas no elenco.

    ResponderExcluir
  4. Vem indicação para o Andrew Garfield e indicação a melhor filme! Andrews está excelente, as histórias paralelas entre a namorada e o melhor amigo gay emocionam, canções maravilhosas (é ele mesmo tocando piano?). E quem não assistir vai ter a carteirinha do vale cancelada! Um jorro (ui) de energia (ah) nesses tempos tristes que passamos. Não tem como não gostar

    ResponderExcluir
  5. Falam as fofocas que Andrew Garfield é gay enrustido será que é verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ser como todo ator!

      Excluir
    2. Escrevi o comentário acima errado ! Como todo ator deve ser Bi.

      Excluir
  6. Rent é chatíssimo, pronto falei!

    ResponderExcluir