quinta-feira, 7 de outubro de 2021

DIANA ENVOLVIDA EM UM NOVO DESASTRE

O musical "Diana" teve sua estreia na Broadway adiada em mais de um ano e meio por causa da pandemia. Programado para março do ano passado, ele só entra em cartaz agora em novembro. Para gerar algum fluxo de caixa, os produtores adotaram uma estratégia de marketing arriscada. O espetáculo inteiro foi gravado sem plateia, e já está disponível na Netflix. No entanto, se eles estão esperando um estouro de público depois desse lançamento, podem tirar o cavalinho da chuva. "Diana" é um desastre do começo ao fim. Visualmente até tem sua graça, mas as músicas são todas ruins, com letras piores ainda - e musical com música ruim nem deveria receber alvará. A promessa de revelar detalhes inéditos sobre a vida da princesa tampouco se cumpre. Não há nada que não tenhamos visto ou lido nos últimos 24 anos, especialmente na série "The Crown". Também é questionável reduzir a família real a apenas três pessoas - Diana, Charles e Elizabeth 2a. - com Camilla Parker-Bowles girando em torno deles. Para completar, o final abrupto não gera a catarse esperada. A humanidade se divide entre quem odeia e quem adora musicais, e eu me encontro entre esses últimos. "Diana" não vai conquistar nenhum novo adepto para o nosso lado, e talvez afugente alguns já convertidos.

4 comentários: