domingo, 24 de outubro de 2021

CONTO DE AREIA

Finalmente eu consegui entender alguna coisa de "Duna". Nunca li o livro de Frank Herbert, mas sou velho o suficinte para ter visto no cinema o filme de David Lynch. Que eu revi no ano passado, no streaming, o que me dá lugar de fala para dizer que aquela joça não para em pé. Foram precisos quase 40 anos para que "Duna" ganhasse uma adaptação cinematográfica que fizessse jus à sua fama. A versão de Denis Villeneuve é espetacular em todos os sentidos da palavra, e merece ser vista na maior tela possível (mês que vem, já vai estar na HBO Max). A trama, que parece uma mistura de "Game of Thrones" com "Star Wars" e é anterior a ambas, agora ficou clara para o matuto aqui. Não tem um pingo de humor: não há robôzinhos engraçadinhos soltando tiradas espirituosas, nem nada que quebre o tom solene ao longo de duas horas e meia. Sensorialmente, o novo "Duna" é um arraso. Cenários, figurinos, design de som, efeitos visuais, vai tudo ganhar Oscar no ano que vem, A maioria das lutas é no mano a mano, com facas e adagas, o que reforça o clima medieval. Timothée Chalamet está ainda mais bonito, como se isto fosse possível, e se mostrou uma escolha mais do que acertada para o papel de um messias espacial. Mas quem roubou meu coração foi a musa Charlotte Rampling, que aparece em poucas cenas com uma rede a lhe cobrir o rosto. Agora, quem for esperando um filme completo vai se decepcionar: a história é interrompida de repente, e a continuação nem começou a ser filmada. Ainda falta muita areia para encher esse caminhãozinho.

25 comentários:

  1. Timothée Chalamet é muito magro e afeminado para interpretar um herói.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc tivesse lido o livro saberia que a personagem tem exatamente o mesmo físico dele.

      Excluir
  2. Acho o Denis Villeneuve um dos grandes cineastas da atualidade. Apesar de eu achar o Blade Runner dele totalmente desnecessário, ele fez algumas joias como "Incêndios " e " A Chegada", que foi baseado em um conto em que o próprio escritor classificava como infilmável!
    Também achei o primeiro "Duna" incompreensível e chato, e ando muito sem saco depois da enxurrada de filme ruim da série "Star Wars", mas como todo crítico bom tem elogiado o filme, acho que vou fazer minha reestreia cinematográfica pós pandemia com esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante como o pessoal está encarando a reabertura como um "pós pandemia"...

      Excluir
  3. Teve a série de filmes made-for-tv dos anos 2000 que não era de se jogar fora.
    O filme 1984 realmente saiu como qualquer coisa do David Lynch: uma viagem na maionese onírica que só ele entendeu.

    ResponderExcluir
  4. É Timotí ou Timotê que pronuncia o nome do magrinho confiante?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em francês é Timotê. Mas nos EUA ele se apresenta como Tímoti.

      Excluir
  5. O Timothée Chalamet vai interpretar o Willie Wonka jovem. Achava que o Tom Holand tinha mais a cara do personagem, mas acho que vai ficar legal. Depois daquela versão pavorosa do Johnny Depp de chanel e dentadura, qquer coisa pode ser melhor.

    ResponderExcluir
  6. Tecnicamente deslumbrante... Mas o fiapo do roteiro para 2h30 é dose... Ainda bem que não paguei pra dormir no cinema.

    ResponderExcluir
  7. Parece que a moda agora é colocar esses atores magrelos, afeminados, com cara de adolescente para interpretar heróis masculinos, mais uma da agenda progressista de Hollywood para emascular heróis homens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aspirante à Monotemática, você não quis dizer "afeminar", ao invés de "emascular"? Se for para conspirar, conspire direito.

      Excluir
    2. Oi Carluxo! Tutu pom? E o pai, tá bem?

      Excluir
    3. Da no mesmo idiota! Que bancar o inteligente e não sabe o que são palavras sinônimos?

      emascular
      verbo
      1.
      transitivo direto e pronominal
      fazer perder ou perder a virilidade; castrar(-se).
      2.
      fazer perder ou perder a masculinidade; afeminar(-se).

      Excluir
  8. Em pensar que ele me pediu em casamento e eu bobinha recusei so porque ele é muito magrinho!

    ResponderExcluir
  9. Vcs viram o audio do André Esteves?? Será que alguém entendeu agora o porque do golpe?

    ResponderExcluir
  10. acho nossa cultura atual péssima, tantos filmes quanto musicas estão um lixo, falta crítica social!Mas a elite ve como um tempo perigoso para a critica social, afinal o capitalismo está a beira de um abismo veja o Brasil, a espoliação extrema por idiotas (no Brasil bancos divida publica roubam do povo sem o menor pudor e sem a menor necessidade não produzem nada e ganham) pode ter consequencias entao o povo tem que ser mantido o mais alienado possível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      FUMOU OU CHEIROU,00:25????????

      Excluir
  11. P Thimoté é o que o Di Caprio era um tempo atrás espero que ele não envelheça tão mal quanto ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Di Caprio é feio além de ser o esteriótipo do machista babaca, só numa sociedade como a nossa Mel Gibson e Di Caprio não só ainda trabalham como são celebrados enquanto mulheres perdem a carreira ou são assasinadas ao menor sinal de assertividade ou ganho de peso, não tem como não lembrar do podcast praia dos ossos vi agora a epidemia de feminicidio no Reino Unido é algo bem grave que vem de séculos de patriarcado e só com muito trabalho pra desconstruir a cultura machista vamos resolver o problema e isso envolveria uma mudança drástica no capitalismo da espoliação bancária e paradigmas religiosos de religiões idiotas que sabemos muito bem que nasceram do machismo e infelismente derrubaram a pluraridade que era a cultura e religião grega muito mais interessante que essas religiões babacas.

      Excluir
    2. Só pra acrescentar um livro sobre história grega que li afirma que o Rei Davi tinha um harem com 100 mulheres e a mudança pro patriarcado aconteceu primeiro na mesopotamia e que a palavra hemafrodita vem do homem que se vestia de mulher pra substituir a governante mulher no fim do matriarcado, façam sua pesquisa livro do robert graves

      Excluir
    3. Por que Dicaprio é o esterótipo machista? Ele bate em mulheres? Ele impede mulheres de trabalhar? Só porque ele tem muitas namoradas? O que isso tem a ver com machismo? Então todos os homens tem que casar agora para não serem machistas? KKKKKKKKKKKKKKKKKK. Só fala merda.

      Excluir
  12. Já eu achei "meh".
    Ou o maior comercial do tipo "vem aí" já feito.
    Mas é muito melhor que o primeiro. Mas "meh"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você nem sabe quem é Charlotte Rampling.
      Um mulherão britânico-Deus Salve a
      Rainha Charlotte!!!!!!!!

      Excluir
    2. Pior que eu sei quem é.
      E não adianta ser mulherão, sou mais o Jason Momoa.
      (o filme continua sendo "meh")

      Excluir