domingo, 24 de outubro de 2021

A MOSTRA DE MÁSCARA - 3

Luzzu é um pequeno barco de madeira, típico dos pescadores de Malta. Também é o título original do filme que irá representar aquele país insular no próximo Oscar. O nome brasileiro, "Entre Águas", tenta traduzir o dilema do protagonista: ele deve vender seu luzzu, há muitas gerações na família, e passar a trabalhar numa traineira, que faz pesca predatória? O personagem é vivido por um pescador de verdade, Jesmark Scicluna, bonitão e caladão como o papel exige. O filme é quase todo falado em maltês, a única línga semítica oficial da Comunidade Europeia, que soa como árabe com sotaque italiano. O diretor Alex Camilleri éa depto desse estilo lacônico que está na moda, sem firulas nem trilha sonora, e o roteiro é típico de um concorrente ao Oscar de filme internacional: uma profissão tradicional que está sendo esmagada pelo capitalismo contemporâneo. Não amei de paixão, mas gostei de ter visto um longa de Malta.
Meu marido é tão obcecado pelo Tadzio de "Morte em Veneza" que o nome do meio de sua filha é Tadzia. Por causa disto ele foi comigo, pela primeira vez este ano, a um filme da Mostra. "The Most Beautiful Boy in the World" é um documentário sobre Björn Andrésen, o garoto que encantou Luchino Visconti e meio mundo quando tinha 15 anos de idade. Hoje ele tem 66, mas aparenta 120. Porque não teve uma vida fácil: nunca conheceu o pai, a mãe morreu quando ele era pequeno e foi criado por uma avó maluca que queria ter um neto famoso. Acabou no meio de um circo midiático sem ter o menor estofo para aguentar o tranco, e foi o primeiro ocidental a se tornar um popstar no Japão. Até que conseguiu engatar carreira, e filma até hoje. O filme talvez o retrate de um jeito mais triste do que Björn realmente é hoje em dia, com uma namorada e uma filha adulta. Mas é difícil não sair abalado do cinema.

Um comentário:

  1. "Put the eyes in the beauty is put the eyes in the death". Que forte.
    E esse pescador maltês, que lindo. Queria muito.

    ResponderExcluir