domingo, 26 de setembro de 2021

O DEPÓSITO DE MULHERES INCONVENIENTES

Até o início da Idade Moderna, mulheres que não se encaixavam no que a sociedade esperava delas eram despachadas sem a menor cerimônia para os conventos. Ao longo do século 19, uma novidade ainda mais cruel se popularizou: os hospícios. Quem ainda não era louca ao chegar não demorava para perder os parafusos, tamanha a quantidade de maus-tratos. É para o lendário La Salpêtrière, que existe até hoje em Paris, que é despachada a protagonista de "O Baile das Loucas", filme francês que acaba de chegar à Amazon Prime Video. Os sintomas de loucura da moça eram sair sozinha para ler e fumar em cafés, e falar com os mortos, que a usavam para transmitir mensagens para os vivos. Adaptada do romance de Victoria de Mas, essa história escabrosa rendeu um ótimo longa nas mãos da atriz Melanie Laurent, que eu não sabia que também é diretora. Com primorosa reconstituição de época e elenco esplêndido - meu destaque vai para Emmanuelle Bercot, que tem uma cena em que arrasa só com o olhar - "O Baile das Loucas" ainda levanta um tema que segue atual: o movimento antimanicomial. Sem falar na luta das mulheres pela igualdade, que não tem hora para acabar.

3 comentários:

  1. aconteceu comigo até hoje tenho problemas de saude graças as drogas que me forçaram a tomar no hospício e tenho PTSD sindrome pos traumatica tipica de sobreviventes de guerra, a lei de internação forçada foi criada no Brasil para os homens poderosos se livrarem de mulheres que eram estupradas e ficavam gravidas mas o caso atual mais alarmante é o da Britney Spears o caso Britney Spears deve ser estudado por todas as mulheres Britney foi 'domada' ela nunca esteve louca, raspou a cabeça? atitude corajosa de mulher que foi criada pra ser objeto e é importunada por 500 fotógrafos o dia inteiro, deu uma guardachuvada no carro do paparazzo idiota? eu teria dado um tiro. A fogueira pra queimar as bruxas nunca se apagou, ainda vivemos nessa era apenas as técnicas de opressão se atualizaram, culpa principalmente da igreja que teme as mulheres.

    ResponderExcluir
  2. engraçado que o dono da agencia de fotografos que perseguia a Britney era francês

    ResponderExcluir
  3. Só no meu Amazon Prime que a legenda não é simultânea? O ator fala e a legenda aparece segundos depois, igual dublagem de novela mexicana.

    ResponderExcluir