quarta-feira, 15 de setembro de 2021

FILHA DE ADULTOS SURDOS

Coda, cauda em italiano, é parte final de uma peça musical. Em inglês, também é a sigla de Child of Deaf Adults - filho de adultos surdos. Os dois sentidos da palavra cabem no título do remake americano de "A Família Bélier", aquele filme fofinho francês que fez sucesso uns anos atrás. No Brasil, virou um meio óbvio "No Ritmo do Coração". A trama básica segue a mesma: a protagonista é a única ouvinte em uma família onde pai, mãe e irmão mais velho são todos surdos. Ela não só escuta como também canta, e quer se profissionalizar. Só que os pais precisam dela para trabalhar: no original, são fazendeiros, e aqui são pescadores. O roteiro adaptado também me pareceu mais dramático e melhor resolvido como um todo, e eu me emocionei algumas vezes mesmo sabendo o que ia acontecer. Não admira que o filme tenha ganho quatro prêmios importantes no último festival de Sundance e esteja cotado para o próximo Oscar.

6 comentários:

  1. e todos atores são realmente surdos, da cia. de teatro da Marlee Matlin, que ganhou o Oscar por Filhos do Silêncio.

    ResponderExcluir
  2. Quem não tem nenhum aparelho da Apple faz como para assistir as produções da AppleTV? Quero assistir o documentário sobre o Velvet Underground que vão lançar em outubro, mas não consegui acessar a plataforma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme vai passar no cinema aqui no Brasil.

      E não precisa ter produto Apple para ver Apple TV. A assinatura custa só R$ 9,90 por mês.

      Excluir
  3. Um remake pode ganhar oscar em que categorias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em todas, menos na de roteiro original. Mas pode ganhar na de roteiro adaptado.

      Excluir
  4. E o filme "Suk Suk" vamos ganhar resenha sua...tomara.

    ResponderExcluir