terça-feira, 10 de agosto de 2021

O ARREMEDO DE COREIA DO NORTE

Se a intenção não fosse intimidar o Congresso, bastava remarcar a "tanqueciata" para amanhã ou depois. Mas claro que era: Biroliro achou que estava dando uma demonstração de força, mostrando que as Forças Armadas são mesmo dele. Só que eles podem até dar um golpe, mas não vão conseguir governar o Brasil - aliás, já não estão conseguindo. Com a economia indo mal, a pandemia longe do fim, escândalos pipocando todo dia, popularidade em declínio e zero apoio internacional, inexistem as chances dessa ditadura se consolidar. O Bozo protagonizou mais um vexame, e de novo arrastou as FFAA com ele. Um recadinho carinhoso aos generais de pijama do Clube Militar: enfiem os canhões dos tanques em vossos cuzinhos e girem.

8 comentários:

  1. Isso foi apenas uma casualidade, não foi demonstração de força
    O Brasil sempre foi uma republiqueta, nunca teve poder bélico
    As forças armadas são ótimas pra várias coisas, os trechos da transposição do São Francisco por exemplo, maior parte feita por força militar, e isso é ótimo

    Os memes foram engraçados, mas tanto bolsonaristas quanto o resto das pessoas normais tem análises equivocadas disso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mídia sempre foca muito na ideia de que o Bolsonaro está sempre tentanto dar um golpe. Todo mundo, ele inclusive, sabe que ele não tem competência para isso. Fazem escarcéu só para vender notícias.

      Excluir
    2. Não, nenê. Fazem escarcéu para evitar o golpe.

      Excluir
  2. O Mio Babbino Caro
    A quem interessar possa: Isso só foi mais uma das tantas palhaçadas desse cara. Agora, há palhaçada maior do que ter acreditado em Sérgio Moro, ipeachement da Dilma, Aécio ...

    ResponderExcluir
  3. E no próprio dito cujo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato. A maior palhaçada de todas foi acreditar no Biroliro.

      Excluir
  4. Essa república suburbana é cansativa!

    ResponderExcluir
  5. O The Economist chqmou de república das bananas. Chacota total.
    Já não bastou o horror que ele causou à delegação americana semana passada. Biden vai fazer um encontro das democracias do mundo e é capaz de convidar Maduro e deixar Brasil de fora.

    ResponderExcluir