sábado, 14 de agosto de 2021

DEPOIS DAQUELE BAILE

Disponível no Globoplay, a minissérie "Belgravia" tem como ponto de partida um acontecimento histórico: o baile oferecido por uma nobre inglesa em Bruxelas, em 1815, ao qual compareceram muitos dos oficiais que estavam na cidade. A festa foi interrompida pelos avanços das tropas de Napoleão, e a soldadesca presente correu para enfrentar o imperador francês no que seria a batalha de Waterloo. Um segredo emergirá desta noite, que mudará o destino dos Trenchard - uma rica família burguesa que, apesar da granalhaça, é tratada como arrivista pela nobreza. Mais não direi, porque vale a pena ir desvendando aos poucos este novo trabalho de Julian Fellowes. O criador de "Downton Abbey" dela vez adaptou seu próprio livro, e realmente não há ninguém melhor do que ele para deslindar os meandros da aristocracia britânica do século 19. Mas não são só os cenários e figurinos suntuosos que fazem de "Belgravia" um passatempo superlativo. Ao longo dos seis episódios, não há uma única cena sobrando, nem um único diálogo ruim. Eu sempre achei que meu fascínio por "Downton Abbey" se devia ao fato da série me levar para um lugar agradável - ao contrário de, digamos, uma penitenciária feminina - mas outros produtos de época não tiveram o mesmo efeito. Agora ficou claro que bom mesmo é o roteiro de Fellowes, um mestre do ofício.

(Este post era para ter saído ontem, mas não consegui escrever nada. Passei mal por alguma coisa errada que eu comi e fui para no pronto-socorro. Ainda estou fraquinho, mas já bem melhor. Como não quero quebrar minha regra de "nulle die sin linea", publico o texto com data de sábado. Ah, sim, e quem manda aqui no meu blog soy yo).

2 comentários:

  1. O Mio Babbino Caro
    Mas não esqueça da máxima de nossos pais: "Em primeiro lugar a saúde".

    ResponderExcluir
  2. Eita. A bruxa tentou te envenear, foi? Cuidado, se não, vou ter que ir até aí para te despertar com um beijo de amor verdadeiro.

    ResponderExcluir